terça-feira, novembro 30, 2004

Gosto da classificação

Classificação da SuperLiga:

1ºFC PORTO - 25

2ºBoavista - 23

3ºBenfica - 22

4ºSp. Braga - 22

5ºSporting - 21




- Sem pré-epoca.

- Treinador novo.

- Vários lesionados muito importantes.

- Jogos em inferioridade numérica.

- Um Grande Plantel...

Vamos a caminho do objectivo da época...pelo menos 10 pontos de diferença para os outros candidatos...

segunda-feira, novembro 29, 2004

AH DRAGÃO !!!



MÉDICO DO VITÓRIA DE SETÚBAL É ADEPTO FERRENHO DO FCPORTO


NÃO VOU FESTEJAR GOLOS

Guido Júnior, chefe do departamento médico do Vitória de Setúbal, vai viver de uma forma muito especial a partida de amanhã entre os sadinos e o FC Porto.


Adepto portista desde criança e sócio-accionista da SAD ‘azul e branca’, o responsável clínico dos sadinos confessa que preferia nunca ter de passar por uma situação como a que vai viver amanhã no banco de suplentes. “Sou mesmo maluco pelo FC Porto e vou ter que fazer um esforço muito grande para estar concentrado durante o jogo. Não vou festejar nenhum golo”, garantiu, lamentando que “é pena que não possam ganhar os dois clubes”.

Apesar do amor aos ‘dragões’, que a tatuagem na perna esquerda faz questão de evidenciar, o médico de 48 anos, que está há três no departamento clínico sadino, garante que prefere que o V. Setúbal triunfe. “A convivência com as pessoas em Setúbal e no Bonfim fez-me gostar do Vitória. Hoje já me considero também um vitoriano e prefiro que seja o Vitória a ganhar, apesar do meu amor pelo FC Porto. Durante 90 minutos vou ser verde”, explicou, vaticinando um triunfo sadino por “2-1”.

Guido Júnior, que foi campeão de Angola em juniores pelo FC Lobito e é filho de um ex-presidente do FC Luanda, confessa que foi o seu pai que lhe passou o ‘bichinho’ do FC Porto. “Sou do FC Porto desde que me conheço e isso deve-se à influência do meu pai. Os meus seis filhos, quatro rapazes e duas raparigas, que também são sócios e accionistas, são ferrenhos como eu. Sempre que temos possibilidade, vamos ao estrangeiro acompanhar a equipa”.

VIAGEM A TÓQUIO JÁ ESTÁ MARCADA

Natural de Luanda e residente em Santiago do Cacém, Guido Júnior já tem reservada a viagem para assistir à final da Taça Intercontinental no Japão. “Vou com a minha mulher Helena, que está grávida, assistir à final em Tóquio no dia 12 de Novembro. Quero que a minha filha, que ainda não nasceu, esteja presente”, explicou o mestre em medicina desportiva.

De todos os jogos internacionais a que já assistiu, Guido Júnior, que também é simpatizante e sócio do Belenenses há mais de 25 anos, guarda como mais marcantes as finais de Viena e Sevilha. “Estive presente em todas as finais europeias que o FC Porto realizou: Juventus em Basileia, Bayer Munique em Viena, Celtic em Sevilha e Mónaco em Gelsenkirchen. De todas as que assisti as que me fizeram vibrar mais foram as de Viena em que virámos o marcador com o golo magistral do Madjer e a de Sevilha pela emoção que houve até ao final”, recordou, desejando que depois do Peñarol, o FC Porto consiga a segunda Taça Intercontinental dentro de duas semanas. Antes disso, o adepto portista, que por vezes assiste aos jogos da sua equipa junto aos Super Dragões, vai ter de presenciar no Bonfim o clube do seu coração defrontar a equipa onde actualmente exerce funções profissionais.

MOURINHO E DECO

Guido Júnior considera que o plantel do FC Porto este ano tem um grande potencial e que ainda pode render muito mais. Em relação à época transacta é peremptório. “A principal diferença do FC Porto é o facto de já não contar com o José Mourinho e jogadores como o Deco e o Alenitchev. Acredito que, apesar de não estarem a jogar mais do que fazia a equipa de Mourinho, o plantel actual tem mais potencial”.

O médico não poupa elogios ao presidente dos portistas. “Pinto da Costa fez uma grande equipa e acredito que mais cedo ou mais tarde isso vai começar a reflectir--se nas exibições e nos resultados”.

TATUAGEM DE DRAGÃO

Nem no Bonfim, em vésperas de defrontar o V. Setúbal, Guido Júnior esconde o amor que sente pelo FC Porto. Um dragão azul tatuado na perna esquerda é sinónimo de que é um adepto ferrenho do clube nortenho. “Fiz a tatuagem em Las Palmas e não foi nada premeditado.

Há seis ou sete anos participei no campeonato mundial de médicos em futebol e decidi tatuar um dragão quando passei por uma loja de tatuagens. Além da ligação sentimental que tenho com o meu clube, quis gravar para a posteridade o seu símbolo”, explicou. O médico dos setubalenses, que confirma que existem muitas brincadeiras no seio da equipa vitoriana devido ao seu fervorismo pelos portistas, revelou também que os seus três filhos mais velhos também têm tatuagens de símbolos alusivos ao FC Porto.


  • Um grande dragão,eu também simpatizo com o V.Setúbal ( deve ser por causa do Octávio!!!eheheh ...vocês sabem do que eu estou a falar...), mas espero uma vitória do FCPORTO.

  • Vamos lá ver como se vai comportar esta rapaziada...é capaz do melhor e do pior...

Pinto da Costa em entrevista...

Em entrevista à revista do Publico, resumida pelo Ojogo:

No Publico:

Ler Já Não Tenho Tempo nem Paciência para Responder a Certas Pessoas.

Ler Continuou a Comer a Sopa de Peixe

Ler Nasci no Dia dos Santos Inocentes


No Ojogo:

Ler AQUI 1
Ler AQUI 2
Ler AQUI 3
Ler AQUI 4

Desgraça nos lampiões



Infelizmente, parece que um jaguncito lampião não voltará a exceder...e estão a acabar as pilhas à equipa do benfica...

A Aposta nos jovens valores continua...



«O médio Nuno Coelho, do Covilhã, vai assinar nos próximos dias um contrato com o FC Porto, com validade até ao final desta época e com mais três de opção. O jogador estava a ser observado há algum tempo pleo Chelsea, de José Mourinho, e o clube inglês chegou mesmo a apresentar-lhe uma proposta. De qualquer forma, Nuno Coelho também estava a ser seguido pelo campeão nacional e decidiu aceitar a proposta portista, uma vez que pretende ficar a viver em Portugal.

Com 17 anos, e internacional sub-18, Nuno Coelho é um jogador promissor, podendo agora evoluir na equipa B do FC Porto, orientada por Domingos Paciência. "Aceitei porque foi a melhor proposta para mim e para o Covilhã. Já a tinha há algm tempo, mas estivemos à espera para ver qual seria a melhor proposta", referiu Nuno Coelho ao sítio Maisfutebol, acrescentando que espera um dia chegar à equipa principal do FC Porto: "Há que começar pelo princípio. Sou muito novo e tenho consciência que não posso ir da II Divisão B para uma equipa como o FC Porto. Quero lá chegar um dia. É preciso ter calma e trabalhar muito".» in Ojogo

sábado, novembro 27, 2004

"A paixão pelo futebol implica exercícios diários de especulação"




- Porque motivo o FCPORTO haveria de estar interessado num guarda-redes brasileiro, quando nas suas fileiras têm o Melhor deles todos chamado Vitor Baía, que têm uma pequena lesão, e que têm mais 2 anos de contrato, o suplente chama-se Nuno Espírito Santos, um Bom guarda-redes , dizia o Mourinho: “ o 2º melhor de Portugaal”, e que ainda poderia ser muito melhor se estivesse a competir, a jogar regularmente e para finalizar, o 3º guarda-redes, chama-se Bruno Vale, um puto com um potencial enorme...para quê ir buscar mais um brasileiro? Não faz sentido nenhum , por isso é que o FCPORTO actual CAMPEÃO EUROPEU está a servir para valorizar o tipo que deve ir para outras paragens...talvez na capital.

-Moreirense à espera do Hugo Almeida? Eu não sou um apreciador deste Hugo Almeida, parece-me um Romeu, mas se calhar o Moreirense não é o clube mais indicado para evoluir...

-O Boavista é Lider provisório....quem diria???

-QUEM É O CRAQUE DE UM GRANDE DE LISBOA QUE JÁ SE COMPROMETEU COM O FCPORTO 2005-2006?

Deixem-se disso...



Tenho ouvido uns zunzuns nada agradáveis em relação ao José Mourinho a respeito do empate do Chelsea perante o PSG, criticando as opções do Mourinho de ter deixado vários titulares de fora.

Deixem-se disso...

O Mourinho fez o que lhe competia , amealhou cedo os pontos necessários à passagem de fase, logo é natural que descanse os seus guerreiros para outras batalhas, o FCPORTO é que não fez o que lhe competia e era exigido, acordou tarde, e o culpado não foi o Mourinho.

Deixemo-nos de ser ingratos, e toca a aplaudir o Mourinho na sua entrada no Dragão, responsável pelas maiores alegrias da minha vida( a melhor de todos para mim ainda foi VIENA 1987).

No dia do FCPORTO-Chelsea ANTES do jogo eu aplaudirei o Mourinho, o Paulo Ferreira , o Ricardo Carvalho até que as mãos me doam.Estarei sempre grato por tudo o que fez.
Quando o jogo começar , vou protestar , vou chamar-lhe arrogante, vou assobiar, mas NUNCA, jamis cuspir, jamais agredir,!!! Se o Mourinho perder, ficarei muito contente, mas dir-lhe-ei que continua a ser o MELHOR DO MUNDO!!!

Mas a vida continua e o FCPORTO já ganhou antes de Mourinho e continuará a ganhar depois dele!

Biba o FCPORTO.

Se as estatísticas ganhassem jogos...

Das quatro equipas do grupo, o FCPORTO campeão europeu tem:

- mais posse de bola
- efectuou mais remates
- conseguiu mais cantos
- foi apanhado menos vezes em fora-de-jogo do que o Chelsea.

O que está mal:

- falta de eficácia
- solidez defensiva.

«Quando mais é menos

O FC Porto lidera o Grupo H da Liga dos Campeões... em quase todos os aspectos da estatística. A pouca eficácia na hora do remate é que coloca a equipa a fazer contas à partida para a última jornada

CARLOS GOUVEIA


O Chelsea lidera isolado o Grupo H da Liga dos Campeões com 13 pontos, mas a estatística coloca o FC Porto à frente numa série de aspectos. O campeão europeu tem mais posse de bola, efectuou mais remates, conseguiu mais cantos e foi apanhado menos vezes em fora-de-jogo do que os londrinos. Porém, ocupa o terceiro lugar da tabela, com os mesmos pontos do PSG. O que é que se passa, então, para que este domínio não tenha merecido tradução na tabela? A resposta é simples: falta de eficácia e de solidez defensiva.

Os remates do campeão europeu não têm levado a melhor direcção: para marcar dois golos, o FC Porto precisou de tentar 74 vezes, o que dá uma eficácia de 2,7 por cento, um valor muito baixo para quem aspira a seguir em frente na competição. No plano defensivo, a diferença para a equipa de José Mourinho também é abismal. Enquanto o Chelsea ainda só sofreu um golo - precisamente contra o FC Porto - a equipa de Victor Fernandez já "encaixou" cinco.

Os números da UEFA são claros. O campeão europeu finaliza com fartura mas acerta pouco. Entre as 32 equipas que estão em prova, só cinco têm mais remates e os adversários do Grupo H estão bem longe dos seus números. E longe está também o FC Porto do Manchester United no que diz respeito a golos marcados. Os ingleses têm o melhor ataque da competição com 14 golos, "apenas" mais doze do que a equipa portuguesa. A Juventus ainda não sofreu qualquer golo, o que faz da "Vechia Signora" a melhor defesa. No que diz respeito à posse de bola, o FC Porto também lidera as contas do seu grupo. Após a partida de Londres, Victor Fernandez queixou-se precisamente da falta de correspondência entre domínio exercido pela sua equipa nos jogos europeus em termos de circulação e os resultados. Os portistas têm 56 por cento de posse de bola, contra 50 por cento do Chelsea e do CSKA e de apenas 44 do PSG.

O FC Porto ganha ainda ao adversário da última jornada nos números de pontapés de canto, 27 contra 22. Ou seja, em média conquista mais um canto do que os ingleses por jogo. Curiosamente, os dragões são a equipa do grupo que menos vezes foi apanhada em fora-de-jogo (8), o que se explica pelo facto de terem jogado sempre com a necessidade de vencer e de tomarem a iniciativa.

Os números valem o que valem e cabe à equipa de Victor Fernandez contrariar a falta de eficácia na última jornada frente ao Chelsea e manter a esperança num resultado que não passe pela vitória do PSG no outro jogo do grupo. Se for assim, estatística à parte, o campeão europeu seguirá em frente na prova, como é tradição.in Ojogo»

Sempre com os melhores...

O FC Porto, através de Henrique Pais, director da PortoComercial e de Marketing, vai participar nas próximas segunda e terça-feira, no Dubai, na Feira Internacional de Futebol. O evento é promovido pela FIFA e conta com representantes de alguns dos clubes mais poderosos do mundo. "Business to Business" é um espaço privilegiado para que elementos ligados à área comercial e de marketing dos clubes possam trocar ideias, efectuar permutas e tentar conquistar novos mercados para colocarem os seus produtos. Na feira, que todos os anos é efectuado num país diferente, marcará presença Joseph Blatter, sendo o FC Porto a única equipa portuguesa presente, ao lado de representantes de clubes como o Manchester United, Real Madrid, Inter, S. Paulo, Chelsea, Arsenal e Marselha.

quarta-feira, novembro 24, 2004

Assim, sim CAMPEÕES EUROPEUS



Valeu pela entrega, num campo muito dificil.

Gostei muito do Bosingwa.

O Nuno esteve bem, mas sempre que havia um cruzamento, eu tremia e não era de frio...

McCarthy, sempre ele, decisivo.

Estamos na luta.

Os anti-portistas podem guardar as garrafas de champanhe por mais algum tempo...

Jogo decisivo



Para o jogo de logo:

"Quem teme ser vencido tem a certeza da derrota"

Bonaparte, Napoleão

EUROMILHÕES para o DEL NERI



DEL NERI foi o único totalista , recebendo como prémio 600 mil euros.

A Santa Casa de Misericórdia do Dragão pagará em 4 prestações, a primeira em Janeiro 2005 e a última em Setembro 2006.

O SISTEMA atacou novamente



Se dúvidas houvessem elas ficaram dissipadas com os 2 jogos de castigo que o Conselho Lampiónico de Indisciplina da Liga aplicou ao McCarthy. Foi o Sistema. Eu acho uma injustiça de todo o tamanho( o já falecido Feher ao serviço do benfica mandou um cabeçada e apanhou um jogo, lembrei-me deste caso , mas há muitos mais) , mas dizia eu , foi uma injustiça porque eu vi o VICTOR FERNANDEZ por 3 ou 4 vezes a insultar o árbitro com frases do tipo: " Foi falta, foi falta ", e mais grave ainda a gesticular com os braços no ar, e perante isto o Conselho de Disciplina não lhe aplicou pelo menos 2, 3 meses de suspensão?

Só pode ser o Sistema...os interesses do FCPORTO estão ser fortemente atacados.

O DVD QUE O BENFICA LEVOU AO GOVERNO III

3º CAPÍTULO – DOIS TÍTULOS EUROPEUS CONSECUTIVOS DADOS PELO SISTEMA


1ªJornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 1 – U. Leiria 1

- Penálti não marcado sobre Luis Fabiano.

- Fora-de-jogo mal assinalado ao Quaresma quando se isolava...e a seguir mais um mal assinalado sobre o mesmo Quaresma..

- Penálti não assinalado sobre Maciel....É só o TERCEIRO PENÁLTI NÃO ASSINALADO A FAVOR DO FCPORTO, desde o início do campeonato!


2ªJornada: Braga 1 - DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 1

- Penalti inexistente contra o FCPORTO que deu o empate aos bracarenses...a existir falta é fora da área.

- Penalti a favor do FCPORTO não marcado , por mão dentro da area de um jogador bracarense...um penalti tão claro , dentro da area com o Lisboeta Pedro Proença em cima da jogada e tb não teve a minima dúvida...apitar penaltis só contra o FCPORTO.


3ª Jornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 2 – Estoril 2

- O penálti marcado sobre Postiga é claríssimo, ficou por mostrar o cartão amarelo. Muitos vozes de aguias depenadas e lagartixas vieram alegar que não existiu penálti. Aqui fica o comentário do treinador do Estoril: “Reconheço que fui injusto quando disse isso. Quando afirmei que a equipa tinha sido empurrada estava a quente, o jogo tinha terminado naquela altura. Agora, depois de ver os lances, admito que foram bem ajuizados, inclusivamente a grande penalidade, que não merece discussão”

- O jogador senegalês N'Doye distribuiu porrada a torto e direito, por várias vezes devia ter visto o vermelho.


4ªJornada: Guimarães 0 – DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 1

- Jorge Costa leva uma amarelo patético pois não tocou no jogador.

- Rui Ferreira faz um sem número de faltas , muitas delas, faltas graves e consegue chegar ao fim do jogo , com um amarelito depois de distribuir sarrafada o jogo todo.

- Golo inacreditável anulado ao FCPORTO!!

- Os jogadores do Guimarães continuam a distribuir cacetada, mas quem tem a equipa mais amarelada é o FCPORTO.

- São inventadas faltas perto da área do FCPORTO a favor do Guimarães.

- Postiga é expulso por palavras!!! Engraçado, só os jogadores o FCP é que são expulsos por palavras, só os jogadores do FCP é que levam sumaríssimos...gostava de saber o que disse Postiga , que não tivesse dito o Beto do Sporting!!!


5ªJornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 3 – Belenenses 0

- 3 foras-de-jogo mal assinalados ao ataque do FCPORTO, em situações perigosas para a baliza do Belenenses.

- Sobre o lance que deu orgasmos multiplos aos anti-portistas, transcrevo as palavras do ex-arbitro Rosa Santos:”Considero que foi bem mostrado o amarelo e também ao Costinha. Só faltou foi mostrar o amarelo ao Ricardo Costa que chuta a bola contra o adversário; o Petrolina atira a bola contra o Ricardo Costa e o Costinha empurra o Petrolina. O árbitro não deve ter visto o que fez o Ricardo Costa.” Mais nada...


6ªJornada: Glorioso Roubo 0 - DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 1

1- Petit agride DIEGO,era cartão vermelho directo, mas continua em jogo a distribuir sarrafada...

2- Diego vê um cartão amarelo numa falta normal sobre Petit, ao Petit é permitido agredir, o Diego não pode fazer uma falta normal....é isto a isto que os lampiões chamam um roubo. Pegando na análise que um jornal desportivo , com um painel de ex-arbitós:

43' Entrada de Diego sobre Petit é passível de cartão amarelo?

-Soares Dias:É uma falta normal, como tantas outras, não é falta para cartão amarelo.

-Rosa Santos:Exagerado. Não vejo grande infracção para o árbitro mostrar o cartão amarelo ao Diego.

3- Numa jogada perfeitamente normal disputada entre dois jogadores, um vendo que já não consegue fazer melhor atira-se para a piscina, de seu nome Borradas.Foi ao melhor estilo João Pinto e palhacito Liedson. Dizem os ex-arbitros:

46' Seitaridis agarra Karadas dentro da grande-área?

-SD:As imagens não esclarecem, mas não fica a ideia de ter existido alguma infracção. A decisão do árbitro foi a mais acertada.

-RS:Não vejo nada que me diga que seja grande penalidade. Se me provarem que foi falta retiro o que disse, mas sinceramente não vejo que haja alguma falta por parte do jogador do FC Porto.

4- Nuno Gomes agredi Pepe e são os dois expulsos? ...Resultado do conselho de Disciplina dos lampiões: um jogo para cada um, tendo o Pepe uma multa maior!O que dizem os ex-arbitros:

58' A expulsão de Pepe e Nuno Gomes é acertada?

-SD:Fica a ideia clara que Nuno Gomes atinge Pepe na zona abdominal, o que constitui uma agressão clara. No caso do Pepe, terá respondido, mas não fica uma ideia clara. Fica a dúvida se o Pepe também agrediu.

-RS:É uma entrada violenta do Nuno Gomes, foi bem exibido o cartão vermelho, mas não entendo a razão da expulsão do Pepe. O gesto merecia apenas cartão amarelo.

5 – No lance mais polémico da parte , a polémica acabava , se o fiscal de linha tivesse marcado o FORA-DE-JOGO ao Karadas no remate de Petit, pois Karadas estava em fora de jogo, baixando-se interferindo na jogada.

Mas o que disseram os ex-arbitros:

78' Vítor Baía retira a bola para além da linha de golo no lance do remate de Petit?

-SD:É muito complicado analisar, porque a imagem não nos esclarece totalmente. O árbitro assistente talvez não estivesse na melhor posição. Fica-nos a dúvida se a bola terá ultrapassado a linha de golo.

-RS:A única pessoa que podia ver era o árbitro assistente, mas este está muito atrasado em relação à linha de golo. A própria televisão não dá uma ideia precisa pelo que é impossível saber se a bola entrou. A única imagem que fica é a bola a bater na linha.

6- Depois reclamação por um penalti por pretensa mão, ou braço, que é tão surreal que ninguém levou a sério...

7- Para finalizar, o que toda agente ocultou, mas que não escapou ao Comercio do Porto: PENALTI CLARÍSSIMO SOBRE McCARTHY!!!


7ªJornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 2 – Penafiel 0

- Deste jogo há a destacar o possível fora-de-jogo no segundo golo do FCP, é que lendo as análise do Jorge Cornado, fiquei perplexo: Então se o fora-de-jogo for de um jogador sportinguista , o arbitro esteve Bem, mas se o fora-de-jogo for de um jogador do FCPORTO então o arbitro esteve Mal. É este o sistema. A ver a análise do Jorge Cornado:

ESTORIL - SPORTING

20' Liedson está fora-de-jogo na altura que marca o segundo golo?

JORGE COROADO: O ARBITRO DECIDIU BEM.

20' Pela televisão, pode-se verificar que Liedson já se encontra adiantado, mas de forma milimétrica. O árbitro assistente, devido à rapidez do lance, terá tido dificuldades pois no campo não dispõe de ecrãs. E seguindo as instruções da FIFA, em caso de dúvida deve deixar seguir o encontro, tal como fez.

FCPORTO-PENAFIEL

24' McCarthy beneficia de posição irregular para fazer o segundo golo do FC Porto?

JORGE COROADO: O ARBITRO DECIDIU MAL

24' No momento do passe de Maniche, McCarthy está ligeiramente adiantado em relação ao penúltimo defesa. Eventualmente, o árbitro assistente teve dúvidas e terá dado cumprimento às indicações da FIFA, deixando prosseguir em benefício de quem ataca.


8ªJornada: Nacional 2 - DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 2

- No madrugador golo do Derlei há quem diga que Derlei estava em fora-de-jogo posicional. Mas como diz a maioria dos ex-arbitros que analisam a jornada: Rosa Santos-“Pode haver fora-de-jogo posicional, mas sem intervenção no lance. Foi bem sancionado o golo, pois deve beneficiar-se quem ataca em caso de dúvidas.” Soares Dias: “ Não há fora-de-jogo. Derlei não toca na bola. Ele está adiantado, mas não interfere no lance. Golo legal”. Já Jorge Coroado, nem vale a pena analisar, já todos conhecemos a sua azia para com o FCPORTO,é incapaz de ser imparcial, basta ver o caso relatado aqui sobre o estoril-sporting e o FCPORTO-Penafiel...está tudo dito.

- E depois veio a saga dos cartões amarelos aos jogadores do FCPORTO...Jorge Costa encolhe-se todo , não faz falta nenhuma a meio-campo e leva cartão amarelo.

- Ávalos agredi McCarthy , como diz Rosa Santos devia ter expulsado o Ávalos ,já McCarthy foi punido com amarelo correcto.

- Depois há mais um palhaço nacionalista a fazer-se ao penálti, não há penálti algum, Pepe está parado e o palhacito tenta enganar o árbitro e como diz Rosa Santos, antes dessa palhaçada o Adriano domina a bola com a mão. A UEFA vai punir estes palhaços, espero que chega à primeira liga portuguesa.

- A terminar uma entrada de Rondinelli para cartão vermelho sobre Quaresma, mas só viu o amarelo.

- Depois empatámos o jogo nos 5 minutos de desconto, que me pareceu exagerado, mas fico à espera de saber quantos minutos de desconto os árbitros dão quando o FCPORTO estiver a perder ....


9ªJornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 3 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 0

- 30 ´ Penálti claríssimo de Polga sobre Quaresma não marcado!

- Logo a seguir o tipo que insulta o treinador devia ter visto amarelo!

- 40´ Penálti de Rui Jorge sobre Derlei não assinalado. Diz o insuspeito Jorge Coroado:” Rui Jorge, por trás, pontapeia o pé direito de Derlei em ângulo dificil de o árbitro assinalar. Nós que vimos na televisão, obviamente dizemos que foi grande penalidade.”

- 54´ Beto devia ter sido expulso por ter jogado a bola com a mão...era o segundo amarelo.

- Os sportinguistas até podem estar agradecidos a António Costa que fez um jogo de um só sentido - o das cores verde e branca. Sempre que havia dúvidas, era sempre , sempre a favor do sporting. Como passaram uma hora sem rematar à baliza do FCPORTO , não criaram em todo o jogo uma única oportunidade de golo, o Fífias e seus acólitos não têm ponta por onde pegar.


10ªJornada: Gil Vicente 0 - DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 2

- Quantas entradas assassinas têm que fazer os nossos adversários para serem punidos? Partir o nariz, colocar jogadores inconscientes, arrumar com jogadores aos 5 minutos são o pão nosso de cada dia, dos adversarios do FCPORTO e mais grave ainda sem punição alguma, nem amarelos , nem vermelhos , nem punição à posteriori...aliás sumaríssimos só se aplicam a jogadores do FCP...Foi o que acontecem aos 6´ , Sidrailson têm uma entrada que arrumou com o Diego para o resto do jogo e nem amarelo viu.

- 17´ Paulo Costa choca com o Nuno...orgasmos multiplos dos anti-portistas para uma possível grande penalidade que não existiu. Como diz o Rosa Santos: “ Não há penálti. O Nuno tenta evitar o contacto que se revela inevitável, mas sem falta”. Ora tomem...

- 38´ Luis Coentrão faz falta sobre Derlei para amarelo que se revolta e responde ao adversário, mas contra o FCPORTO os adversários podem dar a sarrafada que quiserem que nunca são punidos e os jogadores do FCP têm que levar e calar.

- 45´ Fora-de-jogo mal assinalado ao Quaresma, quando partia para a baliza.

- 88´ Nuno Amaro agride Quaresma à cotovelada. Era vermelho directo.


11ªJornada: DOIS TÍTULOS EUROPEUS DO SISTEMA 0 – Boavista 1

- 1'Éder devia ter visto cartão vermelho ou pelo menos um alaranjado pela entrada sobre McCarthy.

- 19' Derlei não estava em fora-de-jogo quando se isolava. Situação idêntica aconteceu em dois lances do Boavista.

-30' Penálti de André Barreto sobre Bosingwa , pois está dentro da área.

- 34' É bem expulso McCarthy por agressão sobre Milhazes, mas tinha sido agredido anteriormente nesse lance com uma cotovelada.

- 61' É bem assinalado o fora-de-jogo no lance anulado ao Toñito, porque o Cafú encontrava-se em fora-de-jogo, participou e interviu na jogada. Foi bem assinalado o fora-de-jogo.

-90'+3 Golo do Boavista em fora-de-jog.Cafú parte em posição ilegal.



EXTRAS:

Vídeo: "Resumo dos jogos do Roma de Del Neri"

terça-feira, novembro 23, 2004

BRAVO Miguel Sousa Tavares

Também queremos fazer queixinhas

Repare V. Ex.ª que, tendo sido nós, nos últimos dois anos, campeões nacionais, vencedores da Taça UEFA e da Liga dos Campeões, só não conseguimos ganhar nunca quando no nosso caminho se atravessa a figura implacável do Sr. Lucílio Baptista!

O sr. ministro já tinha visto algum árbitro FIFA ignorar uma agressão tão escandalosa como aquela entrada do Éder ao McCarthy?

O FC Porto, sociedade desportiva de utilidade pública, vem, por intermédio deste que acima se assina (e sem mandato para tal), pedir a V. Ex.ª o favor de uma entrevistazinha a fim de expor algumas coisas que também lhe ocorrem sobre o panorama actual do futebol português. Em boa verdade, devemos reconhecer que esta ideia nunca nos teria normalmente ocorrido — sendo nós, como os restantes clubes profissionais, oficialmente defensores da independência do futebol face ao poder político. Mas, uma vez que a instituição tomou a iniciativa de o fazer e que V. Ex.ª entendeu recebê-los «por se tratar de uma instituição de referência do desporto nacional», nós atrevemo-nos também a pedir-lhe que nos dispense uma horinha do seu precioso tempo a ouvir as nossas queixinhas, quanto mais não seja para aliviarmos o saco.

Bem sabemos que não nos assiste a mesma representatividade, nem legitimidade para tal, que assiste à instituição. Eles, como se sabe, representam seis milhões de portugueses—o que, somado aos quatro milhões representados pelo projecto, não deixa ninguém mais, em Portugal inteiro, para nós próprios representarmos.

Apesar disso, convirá V. Ex.ª que talvez haja a possibilidade de as estatísticas serem, neste caso, um pouco exageradas: embora não representando estatisticamente ninguém (visto que o País só tem10 milhões de habitantes que são integralmente representados, em termos futebolísticos e incluindo criancinhas de berço, velhos já sem memória e inimputáveis, pela instituição e pelo projecto), o facto é que, por exemplo, desde que os nossos três clubes inauguraram os seus novos estádios, aquele que tem mais lugares anuais vendidos e mais assistências médias nos jogos somos nós — estranhamente.

Talvez porque tenhamos levado a sério aquela publicidade que diz que alguns estádios se fizeram para estar vazios e outros não...

Por outro lado, e como V. Ex.ª saberá, dá-se ainda a anormalidade de nós sermos o campeão nacional em título. E, como se tal ainda não bastasse, somos também o campeão europeu em título e, assim a Providência nos ajude, no próximo dia 12 de Dezembro poderemos, pela segunda vez, trazer para Portugal o título de campeão mundial de clubes (mundial, sr. ministro!).

E, como se tal ainda fosse pouco, somos também, e desde há vários anos, o único clube português que integra o chamadoG-14, o restrito grupo que representa todos os clubes europeus junto da UEFA e da FIFA.

Embora, como os outros lhe dirão, tudo isto derive apenas das arbitragens, há que convir, senhor ministro, que esta de ser o clube português com mais títulos internacionais conquistados e de sermos ainda, este ano, mais uma vez, detentores dos títulos de campeão nacional de futebol, hóquei, básquete e andebol, deixando para a instituição e o projecto pouco mais que o futsal, háde levarV.Ex.ª a conceder-nos o favorzinho de uma audiência.

Enfim, não ignoramos também que, face à instituição, temos por nós a desvantagem de não ter ido em devido tempo, isto é, na véspera das últimas eleições legislativas, em romaria da nossa direcção, e acompanhados pelo então presidente da câmara de Lisboa e hoje primeiro-ministro, apresentar os nossos respeitos e solidariedade numa manifestação de campanha a favor do partido que nos governa e de que V. Ex.ª é lídimo representante.

Mas, se o não fizemos, foi apenas porque, não só não tínhamos e não temos as dívidas de gratidão para com o então presidente da câmara de Lisboa que a instituição e o projecto têm, como também e uma vez mais, nos convencemos que era a sério aquela de separar o futebol da política—ingenuidade de que ora nos penitenciamos expressamente.

Também sabemos que já vem de trás este privilégio natural de a instituição ser recebida pelos governantes, sempre que o requeira. Ainda retemos na memória aquele saudoso presidente da instituição, ora em liberdade condicional, a ser recebido com pompa e circunstância pelo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, para lhe fazer entrega de um cheque sem cobertura para pagar as dívidas da instituição ao Fisco (dívida essa que depois, como se sabe, veio a ser misteriosamente esquecida de ser denunciada e executada pelo Fisco...).

E veja, excelência, que ainda agora, depois de ter organizado um jogo de futebol contra nós em que violou os regulamentos sobre a venda de bilhetes ao adversário, passou a semana antes do jogo a acirrar os ódios contra nós, pôs em causa a segurança dos nossos adeptos no seu estádio, entalando 3000 deles num espaço para 1500, e acolhendo os nossos adeptos à pedrada, a instituição conseguiu ser recebida pelo seu colega da Administração Interna, a quem terá ido requerer a abertura de um processo-crime contra o sr. Olegário Benquerença, por crime de deficiência visual. Enquanto nós fomos à Luz sem causar qualquer problema, recebemos o projecto e o Boavista sem qualquer problema, sem que ninguém, em todas as situações, tivesse escutado uma palavra de provocação ou de arruaça de dirigentes, técnicos ou jogadores nossos e, mesmo depois daquele final melodramático contra o Boavista, ninguém viu o nosso presidente, acompanhado do sr. Reinaldo Teles, ir à sala de imprensa fazer considerações sobre a vida privada e familiar do dr. João Loureiro.

E, mesmo assim, com o cadastro limpo, não ousámos, excelência, incomodar o senhor ministro da Administração Interna para lhe dar conta dos assaltos sistemáticos de que temos sido vítimas, de há dois anos para cá, por parte do excelentíssimo senhor Lucílio Baptista. E é, pois, justamente sobre este senhor que nós queríamos desabafar com V. Ex.ª Queríamos-lhe pedir se, aproveitando o prestígio internacional deste árbitro (curiosamente não acompanhado internamente pela generalidade da crítica), não seria possível, quem sabe, nomeá-lo embaixador num país lusófono, representante do ICEP em Bruxelas ou até chamá-lo ao governo de que V. Ex.ª faz parte, como secretário de Estado dos emigrantes?

Qualquer coisa, enfim, que definitivamente o afastasse do nosso caminho, não sendo possível, como se tem provado, curá-lo daquela doença contagiosa de uma invencível aversão ao azul.

É que, repare V. Ex.ª, tendo sido nós, nos últimos dois anos, campeões nacionais, vencedores da Taça UEFA e da Liga dos Campeões, só não conseguimos ganhar nunca quando no nosso caminho se atravessa a figura implacável do sr. Lucílio Baptista!

Há dois anos, em Alvalade, em jogo contra o projecto, ignorou quatro penalties tão flagrantes a nosso favor que ficámos convencidos de que havia um problema com os holofotes do estádio.

No ano passado, em idêntico jogo, foi ele que incentivou o Rui Jorge a repor rapidamente a bola em jogo, enquanto o Jorge Costa assistia o João Pinto, e, logo de seguida, correu pressuroso a marcar penalty contra nós assim que o Liedson se atirou para o chão dentro da área.

Depois, apanhámo-lo na final da Taça, contra a instituição, num jogo em que a sua exuberante dualidade de critérios disciplinares nos deixou durante mais de hora e meia a jogar com menos um — o que permitiu à instituição ganhar finalmente qualquer coisa, para além de uma coisa por eles inventada com o nome de Troféu Ibérico.
Mas agora, contra o Boavista, francamente achamos que a sua doença se agudizou já a um ponto irrecuperável. O sr. ministro já tinha visto algum árbitro FIFA ignorar uma agressão tão escandalosa com o aquela entrada do Éder ao Mc Carthy?
O sr. ministro acha normal que ele, que nem um amarelo achou adequado para o Éder, a seguir corra a expulsar o McCarthy porque o árbitro auxiliar lhe bufou que o McCarthy tinha enfiado uma estalada num adversário (mas esqueceu-se de dizer que antes tinha sido o adversário a enfiar uma estalada no McCarthy)?
Acha normal que só ele não tenha reparado que a falta sobre o Bosingwa foi dentro da área e não fora?
E acha normal que ele tenha continuado a confiar no critério de um árbitro auxiliar que passou o jogo a assinalar mal os offsides (primeiro um ao Derlei, depois dois ao Cafu), permitindo que o Boavista ganhasse no último minuto com um golo offside?

O sr.ministro não concorda que, se isto tem acontecido em Alvalade ou na Luz, e ainda para mais com laivos de perseguição sistemática do mesmo árbitro ao mesmo lube, o País já estaria na iminência de uma guerra civil?

Como vê, sr. ministro, também a nossa nau Catrineta tem muito que contar. Além do mais, parece que quem fica calado se lixa: veja-se o caso do projecto, que vai no terceiro jogo consecutivo em que os árbitros lhe perdoam penalties, ou o exemplo da instituição, que, logo após anunciada a audiência com V. Ex.ª, teve o beneplácito de poder empatar com um golo em offside, enquanto nós perdemos com um golo em offside.

Vá lá, senhor ministro, conceda-nos uma entrevistazinha, quanto mais não seja para salvaguardar o princípio do contraditório.

O DVD QUE O BENFICA LEVOU AO GOVERNO II

2º CAPITULO – ELES TÊM 420 MILHÕES DE PASSIVO


1ªJornada:420 MILHÕES DE PASSIVO 3 – Gil Vicente 2

- Liedson entra em campo, quando o sporting faz um contra-ataque , deixando os defesas gilistas espantados com tamanha figura. O sistema esteve em pleno:"Fica aqui quietinho, que quando formos para o ataque entras e apanhas toda a gente desprevenida"!!!!Palhaçada!


2ªJornada:Setúbal 2 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 0

- O penálti contra o sporting é bem marcado, Hugo puxa o braço do Meyong.


3ªJornada: 420 MILHÕES DE PASSIVO 0 – Marítimo 1


- Penálti do defesa sportinguista sobre Manduca não assinalado.

- Penalti sobre Bibishkov( que não estava em fora de jogo) por derrube de Ricardo. Era penalti e expulsão do Ricardo.

- Liedson depois de 1896754362726 simulações de faltas foi expulso.

- GOLO LIMPÍSSIMO anulado ao Marítimo.


4ªJornada:Rio Ave 0 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 0

- Penálti de Enakarhire sobre Gaúcho não marcado.

- Os sportinguistas queixam-se de um penálti sobre o avôzinho Pedro Barbosa...não existiu, mas compreende-se que a artrose do Barbosa, o faça cair muitas vezes...

- Depois mesmo com a artrose toda ainda consegue mandar uma castanhada num jogador do Rio Ave mas nem amarelo leva....

- É mal assinalado um fora-de-jogo ao jogador Saulo, quando se isolava.


5ªJornada: 420 MILHÕES DE PASSIVO 2 – U.Leiria 2

- Aos 25' Liedson comete falta sobre Renato que dá origem ao primeiro golo sportinguista. Diz Rosa Santos:" Existem duas faltas antes do golo. Primeiro, Liedson desvia Renato quando este tentava cabecear a bola; e depois, quando Liedson adianta o esférico, puxa um outro jogador do Leiria antes de efectuar o cruzamento."


6ªJornada: Estoril 1 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 4

- LIEDSON está em fora de jogo no 2º golo do Sporting.

- EnaKarhire , defesa sportinguista,aos 21´ devia ter visto cartão amarelo.

- Enkarhire aos 39´vê um cartão amarelo, justissimo, só que já devia ser o segundo e consequente expulsão.

- Aos 63´Hugo Viana devia ter visto um cartão vermelho directo por entrada violente sobre Fellahi.


7ªJornada: 420 MILHÕES DE PASSIVO 2 – Belenenses 0

- 58´ Polga comete falta para cartão amarelo. Nem falta, nem cartão.

- 86´ O pontapé de canto que origina o primeiro golo sportinguista não existe.


8ªJornada:Penafiel 0 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 3

- 38 ´ Resultado está em 0-0.Clayton isola-se, finta Ricardo e marca golo. Seria o 1-0 para o Penafiel. É assinalado um fora-de-jogo inexistente.

- 61´ Liedson comete uma falta para cartão vermelho directo, faz uma entrada por trás às pernas do adversário. Vê o amarelo...Se visse o cartão vermelho correcto, não jogaria contra o FCPORTO.


9ªJornada:FCPORTO 3 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 0

- 30 ´ Penálti claríssimo de Polga sobre Quaresma não marcado!

- Logo a seguir o tipo que insulta o treinador devia ter visto amarelo!

- 40´ Penálti de Rui Jorge sobre Derlei não assinalado. Diz o insuspeito Jorge Coroado:" Rui Jorge, por trás, pontapeia o pé direito de Derlei em ângulo dificil de o árbitro assinalar. Nós que vimos na televisão, obviamente dizemos que foi grande penalidade."

- 54´ Beto devia ter sido expulso por ter jogado a bola com a mão...era o segundo amarelo.

- Os sportinguistas até podem estar agradecidos a António Costa que fez um jogo de um só sentido - o das cores verde e branca. Sempre que havia dúvidas, era sempre , sempre a favor do sporting. Como passaram uma hora sem rematar à baliza do FCPORTO , não criaram em todo o jogo uma única oportunidade de golo, o Fífias e seus acólitos não têm ponta por onde pegar.


10ªJornada: 420 MILHÕES DE PASSIVO 6 – Boavista 1

- 19´ Resultado 1-0, o jogador sportinguista Rochemback agride André Barreto. Era CARTÂO VERMELHO!!! O Sporting passaria a jogar com 10 desde os 19 minutos de jogo!!!

- 55´ Liedson num lance dentro da área boavisteira está em fora-de-jogo, mas nada é assinalado.

- 59´ PENÁLTI CLARÌSSIMO de Polga sobre Flores não assinalado.


11ªJornada: Beira-Mar 2 – 420 MILHÕES DE PASSIVO 2

- 27´ Rochemback mais uma vez faz um falta dura e não leva amarelo.

- 55´ Rogério comete penálti sobre Tanque Silva.


EXTRA:

- Vídeo: " Vai levar no..."

segunda-feira, novembro 22, 2004

O DVD QUE O BENFICA LEVOU AO GOVERNO

Já tive acesso, com a gentileza do amigo Fernando, ao conteúdo dos DVDs que os lampiões levaram ao Governo. Passo a descrever o primeiro DVD1:

1ºCAPÍTULO - FOMOS ROUBADOS:


1ªJornada:Beira-Mar 2 – Glorioso Roubo 3

- Zahovic devia ter sido expulso, por acumulação de amarelos!!!


2ªJornada:Glorioso Roubo 2 – Moreirense 0

- Entradas a matar de Petit sem amarelo.

- Miguel agride Ricardo Fernandes e devia ter sido expulso!!!


3ªJornada:Académica 0 – Glorioso Roubo 1

- O golo do Nuno Gomes é um claro fora-de-jogo !!!


4ªJornada:Glorioso Roubo 0 – Braga 0

- Golo/lance anulado ao Braga, depois de ter sido mal assinalado um fora-de-jogo .

- Miguel faz uma falta quando o jogador bracarense se isolava para a baliza.Nenhum cartão!


5ªJornada: V.Guimarães 1 – Glorioso Roubo 2

- Aos 18' Ricardo Rocha comete penálti sobre Silva.

- Aos 41' Marco Ferreira vê o segundo cartão amarelo. Relembro o que dizia Rosa Santos:” dá-me a sensação que não há contacto”

- Aos 66' é mal assinalado um fora-de-jogo a Nuno Assis, o que proporciona que a jogada se desenrole e que venha a existir então a falta que origina o golo do Benfica.


6ªjornada: Glorioso Roubo 0 - FCPORTO 1

1- Petit agride DIEGO,era cartão vermelho directo...

2- Diego vê um cartão amarelo numa falta normal sobre Petit, ao Petit é permitido agredir, o Diego não pode fazer uma falta normal....é isto a isto que os lampiões chamam um roubo. Pegando na análise que um jornal desportivo , com um painel de ex-arbitós:

43' Entrada de Diego sobre Petit é passível de cartão amarelo?

-Soares Dias:É uma falta normal, como tantas outras, não é falta para cartão amarelo.

-Rosa Santos:Exagerado. Não vejo grande infracção para o árbitro mostrar o cartão amarelo ao Diego.

3- Numa jogada perfeitamente normal disputada entre dois jogadores, Karadas vendo que já não consegue fazer melhor atira-se para a piscina. Dizem os ex-arbitros:

46' Seitaridis agarra Karadas dentro da grande-área?

-SD:As imagens não esclarecem, mas não fica a ideia de ter existido alguma infracção. A decisão do árbitro foi a mais acertada.

-RS:Não vejo nada que me diga que seja grande penalidade. Se me provarem que foi falta retiro o que disse, mas sinceramente não vejo que haja alguma falta por parte do jogador do FC Porto.

4- Nuno Gomes agredi Pepe e são os dois expulsos? ...Resultado do conselho de Disciplina dos lampiões: um jogo para cada um, tendo o Pepe uma multa maior!O que dizem os ex-arbitros:

58' A expulsão de Pepe e Nuno Gomes é acertada?

-SD:Fica a ideia clara que Nuno Gomes atinge Pepe na zona abdominal, o que constitui uma agressão clara. No caso do Pepe, terá respondido, mas não fica uma ideia clara. Fica a dúvida se o Pepe também agrediu.

-RS:É uma entrada violenta do Nuno Gomes, foi bem exibido o cartão vermelho, mas não entendo a razão da expulsão do Pepe. O gesto merecia apenas cartão amarelo.

5 – No lance mais polémico da partida , a polémica acabava , se o fiscal de linha tivesse marcado o FORA-DE-JOGO ao Karadas no remate de Petit, pois Karadas estava em fora de jogo, baixando-se interferindo na jogada.

Mas o que disseram os ex-arbitros:

78' Vítor Baía retira a bola para além da linha de golo no lance do remate de Petit?

-SD:É muito complicado analisar, porque a imagem não nos esclarece totalmente. O árbitro assistente talvez não estivesse na melhor posição. Fica-nos a dúvida se a bola terá ultrapassado a linha de golo.

-RS:A única pessoa que podia ver era o árbitro assistente, mas este está muito atrasado em relação à linha de golo. A própria televisão não dá uma ideia precisa pelo que é impossível saber se a bola entrou. A única imagem que fica é a bola a bater na linha.

6- Depois reclamação por um penalti por pretensa mão, ou braço, que é tão surreal que ninguém levou a sério...

7- Para finalizar, o que toda agente ocultou, mas que não escapou ao Comercio do Porto: PENALTI CLARÍSSIMO SOBRE McCARTHY!!!


7ªjornada:Glorioso Roubo 2 – Nacional 1

- 7´ fora-de-jogo inexistente marcado a Miguel Fidalgo quando se isolava para a baliza benfiquista.

- 59´ Hilário vê um cartão amarelo que ninguem compreendeu.

- 70´ LUISÃO faz um passe de cabeça para Miguel Fidalgo, que se isolava e é marcado...FORA-DE-JOGO!

- Protesta o Glorioso Roubo com o grande GRANDE FRANGO DO MOREIRA, afirmando que era livre indirecto...ora a falta que originou o livre é para LIVRE DIRECTO...o árbitro no momento em que assinala a falta diz que é livre directo, depois não se vê se levanta a braço ou não...


8ªJornada:Gil Vicente 1 – Glorioso Roubo 1

- Fyssas foi bem expulso aos 85 ´,só que já deveria ter sido expulso 5 minutos antes quando têm uma entrada violenta sobre Nandinho, mas nem amarelo viu.

- O livre que dá origem ao golo do empate benfiquista não existe. Já para não falar nos exagerados minutos de desconto.


9ªJornada:Glorioso Roubo 4 – Setúbal 0

- Quanto a dizerem que o guarda-redes do Setúbal fez penálti? ...é um lance normal na disputa da bola e o guarda-redes não se aleijou porque usa menos laca no cabelo do que o Nuno Gomes.

- 81 ´ Penálti de Amoreirinha sobre Meyong não assinalada. Diz o insuspeito Jorge Coroado: “ Amoreirinha agarrou Meyong em situação passível de grande penalidade. Só que, neste jogo, aquela grande área devia ser espaço tabu...”


10ªJornada: Marítimo 1 – Glorioso Roubo 1

- 15´ Michell não faz nenhuma falta sobre Karadas no lance que dá origem ao golo lampião...

- 68´ PENÀLTI de Amoreirinha sobre Manduca não marcado.


11ªJornada: Glorioso Roubo 3 – Rio Ave 3

- Simão em posição de fora-de-jogo no 2º golo benfiquista.

- Moreira recebe um passe de Miguel fora-da-área, conduz a bola até dentro da área e agarra-a . Era livre indirecto dentro da área e cartão amarelo.

- Fora-de-jogo mal assinalado a Paulo Cesár quando se isolava.



EXTRAS:

- Video: “ Orelhas estou aqui!!”



DVD2 e DVD3 brevemente...
O SISTEMA atacou em força!!!

Este blog esteve "pifado" desde sexta-feira, mas voltará em breve para contar as AVENTURAS DO SISTEMA!!!

Neste momento tenho muito trabalho, e só para contar o que aconteceu este fim-de-semana, vou precisar de muito tempo!!!



sexta-feira, novembro 19, 2004

João Pinto PENHORA autocarro do Benfica

É hoje notícia de um jornal que o João Vieira Pinto penhorou o autocarro do Benfica, por dívidas antigas.

Em termos logísticos está a ser um problema para transportar os jogadores, pois as camionetas de porcos estão sobrelotadas, mas já se arranjou transporte para o Kadafi dos Pneus e José Beiga!!!




FANTÁSTICO

163 países já asseguraram a transmissão da Taça Intercontinental, sendo a Arménia (através da Shant TV) deste ontem, o último país dessa lista, mas por incrível que pareça ainda NÃO ESTÁ ASSEGURADA PARA PORTUGAL!!!!!

Dizem os responsáveis que detêm os direitos:

A RTP e a SportTV fizeram propostas mas ambas eram tão baixas que tivemos de lhes responder que os montantes oferecidos já não se viam desde o tempo da Roménia comunista, quando o Steaua de Bucareste foi campeão europeu e foi a Tóquio disputar a Intercontinental".

RESPOSTA ao comunicado dos lampiões

Em resposta ao comunicado dos lampiões no seu labrego site, recomendo a leitura:

ROUBOS DE IGREJA

Boa entrevista do Victor Fernandez



Gostei de ler a entrevista do Fernandez.

Ver mais aqui:
AQUI 1
AQUI 2
AQUI 3

Nuno Valente não vai à faca

Nuno Valente deslocou-se ontem a França onde foi observado por um reputado ortopedista gaulês, que após analisar o joelho esquerdo do defesa garantiu que não é necessário submetê-lo a qualquer intervenção cirúrgica.

Mas vai ter que penar ainda durante um longo tempo...e diziam os médicos da selecção que não era grave...

Um dos Melhores do Mundo

Um campeão ainda mais forte
Barbedo Magalhães

O FC Porto deu ontem um passo importante para a consolidação de um universo - o das modalidades do clube - com uma importância indesmentível no plano nacional, conferida pelos sucessos desportivos em série que tem conseguido. Porque, imagino, não deixaria de existir um sentimento de vazio nos grupos de trabalho campeões nacionais de seniores do andebol, do basquetebol e do hóquei em patins, para só citar as modalidades colectivas, devido à falta de um espaço próprio onde treinar, jogar e sentir, a cada fim-de-semana, o calor dos adeptos na "verdadeira casa".

Anunciado o regresso de um pavilhão do FC Porto no magnífico complexo desportivo que tem hoje, creio que nada fica a faltar ao campeão europeu de futebol para ser considerado um dos maiores do Mundo. Um dos mais eclécticos será seguramente, competindo talvez apenas com o Barcelona. E isto numa altura em que a evolução estruturante e a profissionalização gradualmente mais acentuada dos clubes de futebol cada vez menos se compadece com o eclectismo, a não ser que também as secções das modalidades que não o futebol também elas se reestruturem e adquiram autonomia.

No caso específico do andebol, que o presidente do FC Porto não escusou abordar ontem, o anúncio da construção de um pavilhão polidesportivo será mesmo a melhor notícia que recebe nos últimos dois anos. Mas essas são outras guerras, a que o campeão tem sabido resistir estoicamente...

FC Porto/Açoreana: parceria por três anos

O FUTURO DAS MODALIDADES ESTÁ ASSEGURADO...muito bem!!!


A Açoreana Seguros foi anunciada ontem como "main sponsor" das equipas profissionais de andebol, basquetebol e hóquei em patins do FC Porto. Em conferência de Imprensa, nas instalações do Estádio do Dragão, Pinto da Costa, presidente do FC Porto, e Horácio Roque, presidente do Conselho de Administração da Açoreana Seguros, assinaram o documento que os unirá nas próximas três épocas desportivas (2004/2005 a 2006/2007).

Na qualidade de campeão nacional nas três modalidades, o FC Porto, com este acordo, reafirma um claro investimento noutras áreas desportivas que não só o futebol. Apostar ainda mais em sectores nos quais o clube das Antas tem longas tradições levou o FC Porto não só a entrar neste acordo, mas também a avançar com o projecto para um pavilhão que substitua o antigo "Américo de Sá".

quinta-feira, novembro 18, 2004

LEANDRO DRAGÃO



Nome: LEANDRO Silva Wanderley

Data de Nascimento: 19/04/1979
Naturalidade: Rio de Janeiro
Altura: 1,76m
Peso: 69 kg
Clubes anteriores: América (1995-98), Vitória da Bahia (1999-2002) e
Cruzeiro (2002-04)
Jogos pelo Cruzeiro: 145 (7 golos)

Títulos: Copa Nordeste 1999, Campeonato Baiano 2000, Supercampeonato
Baiano 2002; Campeonato Mineiro 2003, Copa do Brasil 2003, Campeonato
Brasileiro 2003, Campeonato Mineiro (2004).

Internacionalizações A: 3

Os números anunciados no Brasil batem certo com os que circularam em Portugal: a transferência faz-se por uma verba ligeiramente inferior a dois milhões de euros, repartidos em várias fatias - Cruzeiro, a empresa ESM, o Vitória da Bahia e o empresário Léo Rabello, todos com parcelas do passe.

Depois da lamentável saída de Rossato , esperemos que esta seja uma solução válida...

quarta-feira, novembro 17, 2004



«É de facto um escândalo o FC Porto estar em primeiro lugar. E é escandaloso para quem prometeu tanto, para quem antecipadamente se sentiu campeão, ver agora um outro clube na liderança do campeonato»

"Gosto. Quando as pessoas falam das arbitragens é porque têm de desviar as atenções de outras coisas"

«Só entendo essa disponibilidade dos ministros se eles nada tiverem que fazer ou então entendam que este país não se confronta com outros problemas bem mais sérios»

«Se não houvesse erros de arbitragem a vantagem do FC Porto para o actual segundo classificado seria certamente maior»



Para quê?



Dias da Cunha em luta pela «alteração das regras»

«O Sporting está interessado em que as regras, as normas que disciplinam as actividades dos clubes profissionais, sejam alteradas. Gostaríamos mesmo que fossem mudadas já amanhã, pois o tempo que se perde é inaceitável. Mas a responsabilidade, neste momento, é exclusivamente do poder político», afirmou Dias da Cunha, garantindo mesmo ser esta a «luta do Sporting».

«E neste momento não estamos interessados em qualquer ajuste de contas passadas»




Agora eu pergunto: Para quê? Para serem os pioneiros a violarem as novas regras, como no caso dos bilhetes?

terça-feira, novembro 16, 2004

Para o Kadafi dos pneus e cª Lda...

Para todos os que estão com azia do nosso PRIMEIRO lugar da Superliga:

Parabéns Dragão



Faz um ano de vida, um dos mais belos, funcionais e modernos estádios europeus.

São 366 dias sem derrotas:

Jogos realizados: 18
Vitórias: 13
Empates: 5
Derrotas: 0

O Estádio com melhores assistências da Superliga:

Espectadores totais: 748688 espectadores

Média por jogo: 41593 espectadores por jogo




segunda-feira, novembro 15, 2004

FC PORTO entre os mais ricos



A tabela anual da Delloite & Touche sobre os clubes de futebol mais ricos do Mundo deverá incluir uma novidade: o campeão europeu, que divulgou receitas de quase 115 milhões de euros em 2004.

A lista dos mais ricos deverá ser apresentada no primeiro trimestre de 2005


Os clubes portugueses nunca figuraram na tabela dos clubes de futebol mais ricos do Mundo, habitualmente povoada pelos emblemas mais populares da Inglaterra (sete em 2003), Itália (cinco), Alemanha e Espanha (três cada).

A tabela, elaborada anualmente pela Deloitte & Touche, ordena os clubes de acordo com os respectivos proveitos. A classificação referente à época de 2003/04 será divulgada, em princípio, no primeiro trimestre do próximo ano. E deverá contar com uma novidade: a presença do FC Porto entre os 10 ou 12 mais ricos.

De acordo com a demonstração de resultados publicada recentemente pela SAD portista, os campeões nacionais e europeus tiveram receitas de quase 115 milhões em 2004 - mais do dobro de 2003.

Apesar de ainda não serem conhecidos os resultados operacionais de alguns dos grandes da Europa, estes valores do Porto de 2004 - um verdadeiro "vintage", difícil de repetir - deverão ser suficientes para colocar a sociedade portista no meio da tabela.


Lideres em tudo



Oliveirense 68 - FC Porto 76


Classificação:

1º FCPORTO
2º Queluz
3º Oliveirense

Lideres no Futebol!!!

Lideres no Hoquei em Patins!!!

Lideres no Basquetebol!!!


É o Sistema!!!


sábado, novembro 13, 2004

EU ACREDITO




Eu acredito que lá para as 23h15 seremos primeiros...

sexta-feira, novembro 12, 2004

Um clube diferente, sem dúvida...





1 - CALOTEIROS

A SAD portista reagiu através do seu departamento jurídico, chefiado por Daniel Rodrigues Pereira, e acusou a SAD leonina de não ter pago ainda aquilo que devia, isto é, os 983 bilhetes que recebeu.

Os regulamentos dizem que os ingressos devem ser pagos antes do jogo.

"Em vez de estarem preocupados com queixas na Liga desprovidas de fundamento legal, deviam primeiro cumprir os regulamentos que invocam, nomeadamente o disposto no nº5 do Artº 68, e pagar os bilhetes que requisitaram no prazo aí estabelecido. Isto é, até cinco horas antes do início do jogo. O que não fizeram. Paguem primeiro e reclamem depois", acusou Daniel Rodrigues Pereira, no sítio oficial do FC Porto. De resto, os portistas estão a considerar a hipótese de processar judicialmente o clube de Alvalade pelo incumprimento. "


2 - NÃO CONHECEM OS REGULAMENTOS

"Não me surpreende esta política de queixinhas à Liga, que nem sequer é nova. Sempre que o Sporting perde no Porto, apresenta queixas na Liga. Importa afirmar que carece de qualquer sustentação regulamentar [a acusação do Sporting].

A Sporting, SAD, na pessoa do Dr. Paulo de Andrade, argumenta que os regulamentos da Liga prevêem a possibilidade de requisitar até 30 por cento da lotação do Estádio do Dragão, referindo ainda que tal ascenderia a dez mil bilhetes. Ora, com esta afirmação apenas posso concluir que não conhece os regulamentos. O que diz o regulamento é que o visitante tem direito a requisitar uma percentagem dos bilhetes emitidos para o público.

"Esquece Paulo de Andrade, talvez por o Sporting não atingir um registo semelhante, que o F.C. Porto vendeu este ano 32 mil lugares anuais, o que corresponde a 63 por cento da capacidade do seu estádio. Se a isto juntarmos os lugares Corporate, a tribuna de Imprensa, as faixas de segurança e os bilhetes para sócios, o número de ingressos disponíveis para público ainda mais diminui.

Neste caso, o F.C. Porto emitiu 3276 bilhetes para público e disponibilizou 983 ao seu Visitante.

Obviamente, uma coisa é bilhetes para público, outra coisa é lotação. São coisas completamente diferentes", explicou Daniel Rodrigues Pereira. "




Como se vê,um clube diferente...entre os actos e as palavras vai uma grande diferença...

quinta-feira, novembro 11, 2004

Deus nos livre do melhor

Ouçam. Ouviram? Nada, não é? Não se ouve nada. O FC Porto ganhou ao Sporting há três dias e ainda não se ouviu uma palavra sobre o sistema.

É muito raro um clássico acabar assim, tão depressa, logo que o árbitro apita para o final. Normalmente dura mais algum tempo. Normalmente as imagens televisivas são vistas e revistas, dissecadas e esmiuçadas até se conseguir espremer-lhes algum sangue para alimentar os apetites mais vorazes.

Exemplos? Há pouco mais de um ano o FC Porto recebeu o Sporting e dispensou-lhe um arraial de facho mais ou menos como o de segunda-feira, vencendo por 4-1. No final do jogo, Miguel Ribeiro Telles, administrador da SAD do Sporting até fez questão de dar "os parabéns à equipa do FC Porto" e Fernando Santos, o treinador, então ainda em estado de graça, até sublinhou que o adversário "jogou melhor" e teve "todo o mérito na vitória".

Mas essas foram as declarações a quente. A frio, depois de uma análise cuidada das imagens, descobriu-se uma agressão de McCarthy a Beto tão grave que foi possível reduzir o jogo a esse instante. Foi um alívio, imagino, perceber que o mais importante do jogo não tinha sido a clara superioridade do FC Porto, nem os quatro golos marcados, nem sequer a lição de táctica oferecida por José Mourinho. É sempre um alívio não ter que falar muito sobre futebol quando se perde de forma tão clara e durante semanas só se falou de McCarthy e Beto.

Ora, este ano, a arbitragem do FC Porto-Sporting não mereceu reparos.

António Costa não viu uma grande penalidade de Polga sobre Quaresma numa altura em que o jogo ainda não se tinha definido. E não viu outra, talvez menos clara, de Rui Jorge sobre Derlei instantes mais tarde. E também se esqueceu de expulsar Beto mas, que diabos, errar é humano e o benefício da dúvida existe para isso mesmo.

Pergunto-me durante quanto tempo se falaria de António Costa se os lances duvidosos tivessem sido ao contrário.

Imagino primeiras páginas inteiras a garantir "foi penálti", imagino estudos com físicos e matemáticos capazes de demonstrar através de fómulas infalíveis que a bola estava dentro, imagino treinadores estrangeiros a assegurar que o FC Porto foi
beneficiado.

Mas não foi, pois não? E como não foi, o melhor é não falar mais nisso ou ainda íamos ter que pensar que o sistema não conhece o dono e isso seria uma maçada. Ainda acabávamos por ter que acreditar que desta vez, pelo menos desta vez, ganhou mesmo o melhor. Deus nos livre. >


Jorge Maia no OJogo

Vitória no Hoquei em Patins



Em jogo em atraso:

Nortecoope 2 - FC Porto 7

Classificação:

1º FC Porto 21
2º Oliveirense 16
3º Barcelos 13
4º Sporting 13
5º Portosantense 13


DEL NERI



Eu acho que o Del Neri devia agradecer ao FCPORTO por o ter despachado rapidamente e não o deixar a sofrer até Dezembro.

Vejam bem a carreira dele no Roma...Ontem: Roma 0 - Udinese 3 !!!


Já agora o PSG está a subir...Marselha 2 - PSG 3...

quarta-feira, novembro 10, 2004

"Deixem-me em paz"



Curriculum do Ricardo nos jogos em casa do FCPORTO:

GOLOS SOFRIDOS

1996/97
Boavista
1

1997/98
Boavista
3

2000/01
Boavista
4

2001/02
Boavista
4

2002/03
Sporting
1

2003/04
Sporting
4

2004/05
Sporting
3


Eu deixo-te em paz, mas volta sempre...

terça-feira, novembro 09, 2004

Miguel Sousa Tavares

Há horas de verdade

A vitória azul começou da maneira que todos os portistas desejavam: com um «frango» de Ricardo.

Um clássico «frango» de Ricardo: saída falhada a uma bola alta na pequena área. Do alto da sua inabalável soberba, Ricardo declarou: «Infelizmente não se quer ver as coisas como elas são». Pois não, e ele é ainda o único que acredita que todos nós não vemos e que todos nós compreendemos as evidentes e gritantes razões pelas quais é ele o titularda baliza de Portugal...



1. A QUENTE, SOBRE O F.C. PORTO-SPORTING: - Sempre achei estranho que os treinadores conseguissem ler o jogo a partir do «bunker» onde o vêem. Qualquer adepto de estádio sabe que, quanto mais alto subir no estádio, melhor vê o que se passa lá em baixo. Talvez por isso, não é raro observar grandes treinadores que seguem o jogo em pé, em lugar de sentados ao nível do chão, no «banco». No final do FC Porto- Sporting, Victor Fernandez (um dos que seguem os jogos sentados), disse que ao intervalo, na cabina, tinha «corrigido a posição do Diego e a do Costinha». A verdade é que o Diego - que havia feito uma primeira parte igual ao costume, isto é, a leste do jogo -, ressurgiu na segunda parte, acabando até por marcar um grande golo. Pergunto-me se Fernandez teria visto o mesmo e feito as alterações que conduziram o FC Porto a umaclarividente vitória se a estulta Comissão Disciplinar da FPF o não tivesse remetido, de castigo, para a bancada... - Durante uma hora certa - dos 15 aos 75 minutos - o Sporting não fez um único remate à baliza de Baía. Em 96 minutos não dispôs de uma só e flagrante oportunidade de golo. Manifestamente, servia-lhe o empate, não sendo o milagre possível.
O FC Porto, inversamente, dispôs de uma, duas, três, quatro, cinco,oportunidades de golo: à sexta, marcou. Deus não dorme durante 90 minutos. - A vitória azul começou da maneira que todos os portistas desejavam: com um «frango» de Ricardo. Um clássico «frango» de Ricardo: saída falhada a uma bola alta na pequena área. Do alto da sua inabalável soberba, Ricardo declarou no final, sobre o golo: «Infelizmente, não se quer ver as coisas como elas são». Pois não, e ele é ainda o único que acredita que todos nós não vemos e que todos com preendemos as evidentes e gritantes razões pelas quais é ele o titular da baliza de Portugal.
Tinha aqui, no Dragão, uma oportunidade única para calar os seus mais críticos. Mas, azar seu, desperdiçou-a e logo da pior maneira para alimentar essas críticas. Em lugar da humildade, preferiu, como sempre, a fuga em frente, reclamando-se de uma pretensa falta que a televisão desmente, sem piedade. Podia, depois do jogo e antes de falar, ter ido olhar para as imagens, mas preferiu continuar a chamar-nos a todos parvos. Recomendo-lhe a leitura da célebre fábula do Rei que ia nu. - De igual modo, não salvam o Sporting, desta vez, as habituais desculpas com a arbitragem e as «coisas estranhas»: António Costa fez um jogo de um só sentido - o das cores verde e branca. De um penalty perdoado a uma expulsão perdoada, sobram-me três folhas de bloco-notas de sentido único: na dúvida, sempre e sempre a favor do Sporting. - Mais unilateral ainda que a arbitragem de António Costa, só mesmo os comentários da SportTV, na sua habitual e infalível linha antiportista. Desta vez, aos comentários da «casa» juntaram-se os inacreditáveis comentários do sportinguista Manuel Fernandes, de todo esquecido do mínimo de isenção exigível à função que exerce. Passo por cima de todo o facciosismo demonstrado para me reter na profundidade subtil do comentário que lhe mereceu o segundo golo do FC Porto: «Animicamente, este golo foi mau para a própria equipa (do Sporting)». Pode crer. E o terceiro ainda foi pior.



2. Como ontem se escreveu aqui, nem A Bola, este Porto-Sporting foi um derby anormal, pelo simples e extraordinário facto de ter sido precedido por uma semana de absoluta ausência de hostilidades orais de parte a parte. Não houve «bocas» entre treinadores, dirigentes ou jogadores, não houve suspeições prévias sobre o árbitro (eu, por exemplo, só soube quem era o árbitro quando o jogo começou), não houve declarações sobre o «sistema», não houve provocações entre claques, nem sequer houve (nem poderia haver!) reclamações pelo facto de o FC Porto ter retribuído ao Sporting a «gentileza» de lhe reservar apenas mil bilhetes. Dá que pensar, em função do que se viveu no último Benfica-Porto - antes, durante e após o jogo. Dá ideia de que o «suspeito do costume» esteve ausente do país, esta semana, ou então de que o «suspeito do costume» afinal não é, ou não é sempre, o «troublemaker» do costume...



3. E, todavia, o «suspeito do costume» até teve razões de sobra para ter montado um cenário bem diferente, face à provocatória decisão do Conselho de Disciplina da FPF. O que diriam os dirigentes do Benfica ou do Sporting se, nas vésperas de ter de defrontar o FC Porto, vissem o
seu treinador remetido de castigo para a bancada, por ter, num jogo da Taça, levantado os braços ao alto e exclamado, de modo a que o árbitro o ouvisse: «Isto é falta!»? Mais extraordinário ainda é que a sanha justiceira dos senhores juízes do CD, punindo um treinador com o curriculum completamente imaculado porque, à vista de todos, é um verdadeiro cavalheiro do futebol, tenha deixado passar em branco, tal como o árbitro o havia feito, as arrepiantes imagens do Bráulio a partir o nariz do Areias, numa «bicicleta» impensada e, sobretudo, as da entrada de uma violência inaudita do Flávio Meireles, só por milagre não deixando o Costinha morto no relvado. Já se sabe de há muito (e eu já o escrevi várias vezes), que o desígnio dos Conselhos de Disciplina, da Liga ou da Federação parece ser o de perseguir o FC Porto e estabelecer, sem qualquer pudor, uma dualidade de critérios, que se aplica através de
uma fórmula simples: uma justiça para o FC Porto, outra para todos os outros. Mas, apesar de tudo, deveria haver limites, que parece que não há. Esta decisão do CD da FPF ultrapassou todos os limites do aceitável, denunciando-se a si própria como aquilo que é: uma paródia de justiça.
Registo o silêncio alheio à volta. Mas ele só vai durar até que outrem se sinta atingido por decisão até muito menos grave do que esta. Nessa altura, claro, ninguém se irá lembrar da doutrina estabelecida pelo CD da Federação.



4. Qual é o verdadeiro Benfica, versão 2004/05? O Benfica de consumo interno, das vitórias contra adversários menores, o Benfica líder provisório do campeonato e prometido campeão à 7.ª jornada, o Benfica dos discursos inflamados dos seus dirigentes, o Benfica que claramente apostou este ano, quase em desespero, ser campeão nacional, custe o que custar? Ou o Benfica dos jogos decisivos, dos jogos difíceis, dos palcos europeus, onde sucumbe «naturalmente» perante qualquer equipa mediana? O Benfica capaz de vencer tranquilamente um Vitória de Setúbal na Luz e proclamar aos quatro ventos que, não fosse o «sistema» e toda a gente constataria a sua evidente superioridade, ou o Benfica que paralisa de terror face a um Anderlecht ou um Estugarda? É que, por muito que isso pese aos benfiquistas, a segunda versão retira credibilidade à primeira e aos argumentos em seu favor. Não é campeão quem se proclama antecipadamente como tal, mas quem, em qualquer cenário, demonstra justificá-lo. «Quod est demonstrandum».



5. E eis uma boa notícia para os portistas. Ou melhor, uma boa notícia teórica: a UEFA prepara-se para introduzir nas regras do jogo a penalização subsequente dos «simuladores», cujas simulações tenham enganado os árbitros durante um jogo, em termos de justificar decisões,como penalties, livres perigosos e expulsões dos adversários, que acabam por influir injustamente no desfecho do jogo e que são, para todos os efeitos, uma forma de batota. Em termos objectivos, esta é uma boa notícia para os portistas porque, há muitos anos, que não temos um «simulador», treinado para tal e utilizado até como arma secreta para resolver jogos complicados- ao contrário de alguns dos nossos rivais, que dispõem de verdadeiros artistas na matéria. Porém, e como disse, para os portistas a boa notícia é apenas teórica. É que, se ela for avante como nova lei do futebol, quem a irá aplicar, entre nós, são exactamente os Conselhos de Disciplina. E, pelo exemplo agora visto, em que o Costinha acabou castigado e o Flávio Meireles impune, corremos o risco de no futuro vermos um jogador do Porto sair do campo com um
traumatismo craniano e depois ainda ser condenado como «simulador».
Pensando bem, mais vale que a UEFA deixe tudo como está.


Bons rapazes






Curiosidade:Durante 57 minutos os leões nem um único remate conseguiram desferir - desde o minuto 17 da primeira parte até aos 75 da segunda (mais descontos).

segunda-feira, novembro 08, 2004

domingo, novembro 07, 2004

Luís Filipe Vieirotti

Aqui está Luís Filipe Vieirotti, a pressionar o árbitro do jogo de hoje Benfica-Setúbal...

Vitória no Hóquei em Patins



FCPORTO 3 - Juventude de Viana 1

Classificação:

1º FC Porto 18
2º Oliveirense 16
3º Barcelos 13

Vitória no basquetebol



FCPORTO 88 - Lusitânea 66

Classificação:

1º Benfica 5 4 1 457-377 80%
2º FC Porto 5 4 1 446-375 80%
3º Queluz 5 4 1 380-316 80%

sábado, novembro 06, 2004

PUNIÇÂO INCRÍVEL

Já não tenho mais palavras para descrever a punição de 15 de suspensão do Victor Fernandez, agora que se conhece o relatório.

É A COISA MAIS VERGONHOSA QUE JÁ VI!!! Só comparada ao processo sumaríssimo que instauraram ao Deco no celebre caso da bota, onde contra todos os regulamentos queriam punir com 4 jogos de castigo.

Vejam bem, o Victor Fernandez por punido com 15 dias por ter tido isto:

«Levantou os braços e disse: "Isto é falta!!!!!"»

Nem quero dizer mais nada...Leiam estes artigos:
Primeiro
Segundo
Terceiro
Quarto

sexta-feira, novembro 05, 2004

Depende da correcção da arbitragem I...

Já que os dirigentes sportinguistas quiseram ressuscitar as arbitragens, fui ao arquivo e recuei só oito dias.

Penafiel - Sporting

1- Para começar um dado curioso: O treinador do Penafiel , lamentou no fim do jogo que só soube na véspera do jogo que não podia utilizar dois jogadores emprestados do Sporting, Nuno Santos e Marcelino...na véspera vejam bem...isto enquanto existe um Regulamento de Competições da Liga de clubes, o artigo 32º que proíbe este tipo de situações, mas como foi à margem deste acordo, está tudo bem...como veêm o Sporting é um clube diferente.

2- Depois quem marcou o primeiro golo do Sporting? Uns disseram que foi Liedson, outros que tinha sido Odair, mas o árbitro a nível oficial disse: Quem marcou o golo foi o Nuno Silva, central do Penafiel, pois interceptou para o sítio errado o remate de Liedson. Mas para a trapalhada ficar completa a Liga de Clubes decidiu contrariar a ordem do árbitro e atribuiu o golo ao Liedson!!!Assim fica isolado nos melhores marcadores!!!Curiosidade o avançado do Belenenses, AntchoueT teve um lance igual e o golo não lhe foi atribuido.Coerências. A mim, pessoalmente estou borrifando para essa coisa do melhor marcador, aliás o ano passado o McCarthy só acordou para isso na última jornada, mas este caso faz lembrar um outro entre o Domingos e o Rui Águas, que o Domingos perdeu...

3- Tempo de jogo:38 minutos , resultado 0-0, Clayton isola-se , finta o Ricardo e marca golo. É marcado um fora-de-jogo inexistente. Coisas de pormenor , o Penafiel ficaria a ganhar por 1-0.Depende da correcção da arbitragem...

4- 61 minutos de jogo: Liedson têm uma entrada por trás a matar...vê o amarelo, mas só podia ser vermelho. Consequência , não jogaria segunda-feira contra o FCPORTO.Depende da correcção da arbitragem...

É preciso ter lata

Questionado sobre se a exibição realizada será suficiente aquando da deslocação ao Estádio do Dragão, Miguel Galvão Telles ressalvou:

"Depende da correcção da arbitragem..."


Arbitragem :

Prejudicou os gregos
Um fora-de-jogo mal assinalado a Goundolakis, aos 51' - o número nove do Panionios chegou mesmo a introduzir a bola na baliza defendida por Ricardo, mas já depois de ter soado o apito -, manchou o trabalho da equipa de arbitragem suíça, liderada por Markus Nobs. Suspeito é como se pode qualificar outro lance protagonizado por Rogério e Parodi (84') na grande área do Sporting. O juiz estava em cima do acontecimento e mandou seguir.

quinta-feira, novembro 04, 2004

A dimensão europeia lampiónica



O FCP neste momento também não está bem , mas um clube que está sempre a reclamar por uma oportunidade na Liga dos Campeões ,no acesso à mesma é eliminado pela pior equipa da Liga dos Campeões e na 2ª divisão europeia apanha 3-0 de um clube mediano, que segundo rezam as crónicas até jogou ao ralenti...eis a verdadeira dimensão europeia dos lampiões!!!

Mas há mais...

COSTINHA foi repreendido e multado em 125 euros...que grandes FDP que estes gaijos são.

Aonde estão os abutres que passam a vida a falar do Sistema???? Falem agora...isto é que é o Sistema!!!


Jorge Costa, Bosingwa, Areias, Hugo Leal, Diego foram todos para a lista de multas e repreensões por escrito daquele órgão da FPF, em resultado dos cartões que viram. O capitão dos dragões foi punido com 75 euros de multa, tal como Hugo Leal e Diego. O defesa-esquerdo paga uma multa de 50 euros e Costinha 125 euros.

Do lado dos vimaranenses, apenas Dragoner foi contemplado com uma multa de 75 euros, também por ter visto um cartão amarelo...

Grande Palhaçada!!!

quarta-feira, novembro 03, 2004

O Sistema

Aqui está o Sistema em pleno:

Victor Fernandez foi punido com 15 dias de suspensão por causa do jogo da Taça de Portugal.

São coisas incrivéis!!!

E nada aconteceu ao karateca que mandou o Costinha para o hospital...só em pensar que o ano passado instauraram um processo sumaríssimo ao Deco pelo celebre lance da bota, onde queriam castigar com 4 jogos e este tipo manda um tipo para o hospital e não acontece nada!!!Incrível!!!

Já viram o cão raivoso Alvaro Magalhães , em todos os jogos dos lampiões? Protesta em todos os lances e pelos vistos têm imunidade disciplinar!!!

Palhaçada!!! É o Sistema!!!

Victor Fernandez MELHOR que Mourinho

VS


Vejam mais Aqui


Confira o balanço dos primeiros quinze jogos:

Mourinho em 01/02

I Liga: 8 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 24 golos marcados, 12 golos sofridos
Liga dos Campeões: 0V, 0E, 3D, 1-5

Total: 8V, 2E, 5D, 25-17

Fernández em 04/05

Superliga: 4V, 4E, 0D, 13-6
Liga dos Campeões: 0V, 2E, 2D, 1-5
Taça de Portugal: 1D, 1-2
Supertaça Europeia: 1D, 1-2
Supertaça Nacional: 1V, 1-0

Total: 5V, 6E, 4D, 17-15

Venham eles...




Venham eles para levantar o moral...

Coerências...

UEFA: Lesões, simulações de lesões, jogo parado várias vezes, perdas de tempo, 3 substituições para cada lado = 3 minutos de desconto...

Superliga: Pequenas lesões, poucas paragens, 3 substituições para cada lado = 5,6 minutos de desconto...

Em muitos casos é a diferença entre um empate e uma vitória...

Ai Anderlecht

Temos sempre azar nos sorteios...podiamos ter calhado um Anderlecht, pelo menos a UEFA estava mais ao alcance..

Valência 2-0 Anderlecht
Anderlecht 1-3 Inter
Anderlecht 1-2 Werder Bremen
Werder Bremen 5-1 Anderlecht

terça-feira, novembro 02, 2004

FCPORTO 0 - PSG 0

Que trapalhões...tanta ansiedade...ainda que a passagem à próxima fase da Liga dos Campeões não esteja descartada, veremos se chegamos à UEFA, pois é a Taça adequada às nossas exibições...

Classificação da desgraça


Chelsea12
CSKA4
PSG4
FCPORTO2



Vamos lá melhorar isto...

CLASSIFICAÇÃO LIGA DOS CAMPEÕES





Clubes VitóriasEmpatesDerrotasMarcadosSofridos Pontos
Chelsea300819
CSKA111224
PSG102253
FCPORTO012151





Diabo Vermelho condenado

São todos iguais...


O elemento da claque benfiquista que foi detido pelas forças de segurança ainda no decorrer da primeira parte do Gil Vicente-Benfica foi ontem condenado a quatro meses de prisão, pena substituída por 150 dias de trabalho a favor da comunidade no local da sua residência. O adepto de Sintra, que passou a noite nos calabouços da GNR de Barcelos, foi de manhã presente ao juiz de turno do Tribunal barcelense, acusado do crime de resistência a um membro das forças militarizadas, tendo de imediato mostrado arrependimento pela atitude tomada no Estádio Cidade de Barcelos.

Este adepto foi detido ainda no decorrer da primeira parte, quando para responder ao arremesso dos paus das bandeiras da claque encarnada, o Corpo de Intervenção carregou sobre a bancada onde estavam os Diabos Vermelhos.

No que concerne ao adepto que invadiu o relvado na sequência do golo de Simão Sabrosa, no últimos dos cinco minutos de desconto, foi libertado logo após o jogo, estando previsto que hoje se apresente em Tribunal para um julgamento na forma sumária. É acusado de invasão de área de competição.

Basquetebol

FCPORTO 108 - CAB Madeira 88