domingo, julho 23, 2017

CADÊ A "BOMBA"?


Eu acho que não sonhei...parece que li por aí algures...parece que foi quando se soube que contrataram 4 sociedades de advogados por uma coisa sem valor...:-))...que o EPLURIBUSCURRUPTUM tinha uma "BOMBA" que ia ser anunciada nessa semana ou na semana seguinte...e não dei por nada...e fiquei a pensar que no que seria ou se ela até já saiu e estourou-lhes nas mãos:-):

- Seria a Bomba...aquele palerma que pagou uma página nos Avençados do Polvo para pedir a Demissão do Pinto da Costa?

- Seria a Bomba...a decisão do Apito Final que ilibou o Pinto da Costa e o FC Porto de tudo?

- Seria a Bomba...a previsão que Bruxo da Guiné,o General Doutor Armando Nhaga, comissário nacional da polícia da Guiné Bissau fez de que o Pinto da Costa ia cair das escadas abaixo?

- Ou seria a Bomba...de que a equipa EPLURIBUSCURRUPTUM que prometia mundos e fundos ...seria goleada por 5-1 na pré-época e perderia contra uma equipa da segunda divisão inglesa, no Torneio que durante anos foi o a sua estrela maior enquanto não se dedicaram à máfia corrupta da 1ª liga?


Ó pá...eu acho que a maior Bomba é que eles vão ter que se dedicar ainda mais ao mundo subterrâneo da corrupção que é onde tem uma equipa e pêras...mas entretanto...paira sobre as suas cabeças que...o MELHOR AINDA ESTÁ PARA VIR...sim, é melhor fazer capas do Sporting...outros que também é nesta altura que ganham as Taças e os campeonatos todos e tem as melhores contratações e treinadores do mundo...só falta o MST fazer a crónica de abertura da época... :-)

in avençados do polvo

É aproveitar...é vender tudo...e aproveitem enquanto o PDC está aleijado...e os tratamentos são caros:-)

Ah, pese o jogo ser um bocado mais atractivo...continuo a não ter ideias para ver jogos da pré-época...já estou a fazer malas mas é para ver-me livre disto...:-))

Ah, gostei desta capa...parecem o EPLURIBUSCURRUPTUM :-)))




------------------------------------------------------------------------

sábado, julho 22, 2017

"A BASE DO ANO PASSADO"



Tem piada, não tem? Que toda a gente este ano fala na "base do ano passado"...sejam jogadores...seja o treinador...falam como argumento a favor a tal "base do ano passado"...

Olha que bom...e eu a pensar que o NES era um gajo medíocre...que foi heróico construindo uma equipa gozada por toda a gente, especialmente pelos adeptos do FC Porto e que lutou até ao fim contra um polvo e roubado como nunca visto na história recente do futebol português???!?!? Olha que coisa...

Foi pena que o NES quando cá chegou não ter apanhado uma "base" tão boa...não, o ano passado por esta altura, queria-se um conjunto de jogadores com espírito à Porto...coisa que actualmente ninguém fala nisso...queria-se jogadores com carácter...coisa que também deixou de se falar...queria-se um tratamento psicológico e táctico ao que a besta espanhola deixou conspurcado em todo o lado...

...passado um ano...com um treinador "medíocre"...está tudo curado e há uma base...que milagre da natureza...:-)

Imaginem que ao medíocre também deixariam cimentar a base que afinal também é óptima...olha, se isto correr bem ainda vão dizer que tudo se deve ao novo messias...

E pelos vistos...o NES nem se importa de aproveitar as sobras da base :-):


Mas este deixa-me pena que não continue na base...foi dos jogadores que mais gostei...mas pronto...estou a ver que a segunda divisão inglesa é mais atractiva do que a primeira portuguesa...claro..claro...lá não há um polvo mafioso lampiónico como cá...compreende-se...

------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, julho 21, 2017

PINTO DA COSTA TROPEÇA NOS EMAILS DO POLVO...


in jn e fc porto

São resmas e resmas de caixas com os emails do polvo mafioso, que realmente começa a ser difícil movimentar-se em segurança...O MELHOR AINDA ESTÁ PARA VIR...é um trabalho arriscado...mas vai valer a pena...vá lá...foram só 3 costelas...aos outros vamos-lhes dar cabo da espinha toda...:-))

Saúdinha, Presidente...tanta gente a querê-lo cair, mesmo das suas cores...não lhes dê o prazer de ser por sua iniciativa...para isso, já basta a desgraça dos suicídios de famosos recentes...

Vá...ainda temos de contratar mais um guarda-redes...como Santa Casa da Misericórdia que somos:

in maisfutebol


E além disso...continuámos a oferecer a outra face da cara em quem nos maltrata...só mais um a juntar a outros:

in googlenoticias


Mas não sei o que se passa...será que é o Bruxo da Guiné,o General Doutor Armando Nhaga, comissário nacional da polícia da Guiné Bissau?

in maisfutebol


Ó pá...o bruxo é caro por algum motivo...:-)...Força aí, miúdo...


Mas há mais...até há cartilhados no México:-)):



...se calhar é pelos mesmos motivos porque tem passado tanto tempo no banco no FC Porto...se ficasse no banco do México, pela quantidade de erros que vimos, também seria melhor...:-)...e isto do melhor jogador do FC Porto, segundo MST...:-) Mas Sérgio Conceição vai ressuscitá-los a todos, já que não há pilim...até os sem carácter e que não queriam cá andar vão-se transformar em craques ídolos dos incoerentes adeptos portistas...o ojogo neste campo, faz jus e concorrência aos cartilheiros do Polvo Mafioso dos avençados do polvo e afins...todos os dias dedica-lhe uma capa e um louvor... :-) Hoje é esta:



Mas pronto...continuem a dar-me música:-):


in lixo da manhã


Ó pá...em primeiro lugar...não sei quem são estes gajos...o nome não me é estranho...se calhar até já ouvi música dos gajos...mas não reconheço nenhuma...pois há mais de 10 anos, que não liga patavina à actualidade nacional...rádio, TV, jornais,...etc...escolho só aquilo que me interessa...mas evidentemente tropeço em muita merda sem querer...quer nos feeds, que porque nos atiram à cara sem tempo para reagir...:-)...

...dito isto...para dizer...como é que o FC Porto se lembrou de convidar estes gajos...com este histórico...que iriam tirar o exclusivo do Vítor Serpa e a Abola nas nossas Galas, a convite do Presidente?  Imperdoável...:-)  Alguém vai ter que cair...oops...caiu mesmo...:-()

Bom fim-de-semana...

------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, julho 20, 2017

O MELHOR AINDA ESTÁ PARA VIR...




Ora bem...comecemos já por aqui...aonde está a diferença? Poucas...mas ao menos uns até ganharam...era aos da segunda divisão, mas lá ganharam...aquilo prometia...diziam eles...

O FC Porto vai no segundo jogo a empatar...e pior...esteve a ganhar 2-0...mas o Dragão está alegre...dizem eles...para confortar os adeptos...

Ora, deixa cá ver quanto "futebol alegre" tivemos o ano passado?

in zerozero


Foi uma alegria contagiante...:-)  É... o ano passado, também jogamos muito bom futebol numa primeira fase da época...todos estes empates estiveram mais próximos de serem vitórias do que derrotas...mas o que conta são os pontinhos...futebol alegre está o mundo cheio...a máfia joga futebol tristonho e é uma alegria...são sempre missas cantadas:-)

Por exemplo:



Ó pá...eu não ligo patavina aos jogos da pré-época...aliás, nem tenho paciência para os ver...mais, vejo muito pessoal a falar que já tem saudades do futebol...chiça...eu não tenho nenhuma...eu quero é que chegue rápido Agosto para ir de férias...estou farto disto...:-))

Seja como for...eu só espero que "O MELHOR AINDA ESTEJA PARA VIR"...e acredito muito nisso...como disse, já gostei muito do que se fez o ano passado ao contrário de muitos...mas não me iludo com as ridículas capas para entreter clientelas...

E continuo a dizer, que mesmo que marque 50 golos tenho certa azia a ver gajos sem carácter e sem vontade bem expressa mais do que uma vez para representar o FC Porto, como dizia o seu Presidente Pinto da Costa e que andam sempre nas capas porque marcam um golito...porque bla,bla,bla...o FC Porto perde a espinha quando nos momentos de dificuldade fica de cócoras perante o que sempre condenou e puniu...em pessoas com muito mais história no FC Porto...mas pronto..tudo se esquece...aos poucos...

Não contratamos um que nos chamava corruptos um mês antes de assinar? E até parecia um dos nossos durante o campeonato...a diferença...é que esse não cuspia no prato onde comia...ao contrário de certos stands de automóvel...

Mas pronto...siga...O MELHOR AINDA ESTÁ PARA VIR:

Manobras de diversão
A comunicação do Benfica tem procurado contaminar a opinião pública com uma ideia peregrina: era o Tribunal Arbitral do Desporto que tinha competência para julgar o recurso de Pinto da Costa no processo ‘Apito Final’. Fê-lo quer através das suas famosas “fontes oficiais” (que, até ver, permanecem anónimas), quer pela voz dos seus cartilheiros, como André Ventura. Julgamos que isto já ficou bem claro, mas voltamos a explicar para que os mais incautos não possam dizer que não foram informados: o que motivou a decisão de maio de 2011 do Tribunal Administrativo de Lisboa - que considerou inexistente o acórdão de 4 de julho de 2008 do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol que negava provimento ao recurso de uma deliberação da Comissão Disciplinar da Liga apresentado por Pinto da Costa - foi a ilegítima constituição e funcionamento daquele órgão da FPF a partir do momento em que o seu presidente, com toda a legitimidade, encerrou uma reunião que seria depois pretensamente continuada à sua revelia. Esta decisão em nada se relaciona com o teor do processo. Nesse sentido, considerou o Conselho de Justiça que, face à deliberação do Tribunal Administrativo, transitada em julgado em dezembro de 2016, lhe cabia reapreciar aquele recurso e produzir um acórdão que, ao contrário do anterior, não carecesse de legalidade. Foi isso que aconteceu. O Benfica alega que a apreciação desse recurso caberia ao Tribunal Arbitral do Desporto, ignorando (porventura deliberadamente) que essa instituição só entrou em funcionamento em 1 de outubro de  2015 e que a lei que a regula (lei n.º 74/2013) inclui uma norma transitória que é bastante clara em relação aos processos cujo julgamento é sua competência: “1 - A presente lei aplica-se aos processos iniciados após a sua entrada em vigor. 2 - A aplicação da presente lei aos litígios pendentes à data da sua entrada em vigor carece de acordo das partes”. Tendo isto em conta, o discurso que o Benfica tem produzido ao longo dos últimos dias sobre este assunto só pode ser lido de duas formas: 1) ou é revelador de uma profunda ignorância jurídica; 2) ou não passa da tentativa de criação de uma manobra de diversão que só pode ter como objetivo desviar o foco da opinião pública sobre o que verdadeiramente atormenta os dirigentes daquele clube – os esquemas de eventual corrupção e tráfico de influências que têm sido denunciados no Universo Porto da Bancada. Até porque, como eles bem sabem, o melhor ainda está para vir.
in Dragões Diário


Mas para precaver..até no México tivemos treinos idênticos ao que aqui se passa:



Depois aconteceu o que é típico aqui no México, segundo o Matías [treinador do Chivas], um árbitro que validou um golo que é ridículo. A partir do momento em que pede para formar a barreira tem de esperar pelo apito, não é preciso ser-se entendido em arbitragem.

Com o 2x2 no final dos 90 minutos, haveria lugar à marcação de grandes penalidades, algo que acabou por não acontecer de forma surpreendente. A explicação do técnico teve a ver com o árbitro do encontro.

«Falava com o Matías, com quem joguei durante muito tempo em Itália, passámos por três clubes juntos e somos amigos há 20 anos. Comentei com ele, e estava o árbitro por perto, que o lance do primeiro golo do Chivas não podia acontecer, era ridículo. O árbitro pensou que eu estava a dizer que ele era ridículo e disse que eu não podia assistir aos penáltis; o Matías, como meu amigo, disse que não batia os penáltis se eu não pudesse assistir. Foi tão simples como isso, não foi nada de especial, a nossa conversa com o árbitro foi tranquila, normal. O Matías contou-me um bocado do que se passa aqui e é mais ou menos dentro deste género, mas isso é secundário e o mais importante foi o que se fez dentro das quatro linhas», argumentou.

in zerozero


Portanto já temos queixas da arbitragens...golos que não deveriam ser validados...Treinador "Expulso"...ó pá...isto é que é levar a pré-época ao extremo ...ao ínfimo pormenor...:-)) caraças...já parecem o Polvo Lampiónico mafioso nos bastidores...também não deixam nada ao acaso...:-)



------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, julho 19, 2017

MIGUEL SOUSA TAVARES É INCRIVELMENTE UM DOS GRANDES DERROTADOS DO APITO DOURADO...:-))



SE FOSSE EU, DEMITIA-ME (12 DEZEMBRO 2006)


Sei muito bem o que o FC Porto e, por acréscimo, todos os portistas, devem a Pinto da Costa. Sinto por ele gratidão e consideração pessoal. Mas entendo que o asqueroso episódio da Dona Carolina Salgado é grave, não pode passar sem consequências e não pode ser o FC Porto a pagá-las. No lugar dele, demitia-me.


1- A única coisa boa que aconteceu ao futebol português esta semana foi a qualificação do FC Porto para os oitavos-de-final da Champions. Comecemos, então, por aí, antes de, inevitavelmente, irmos às coisas feias e más.

O FC Porto, de Jesualdo Ferreira, culminou uma brilhante recuperação no seu grupo com uma exibição de classe e de coragem contra o Arsenal. Face a um jogo destes, em que empatar bastava, a grande maioria dos treinadores portugueses teria jogado para o empate desde o início. Mas, mostrando ter aprendido com o que aconteceu em Londres, na primeira volta, Jesualdo e a equipa resistiram a essa tentação e, de facto, só desistiriam de ganhar um jogo que bem mereciam ter ganho, nos últimos dez minutos, quando as consequências de arriscar numa vitória poderiam ter sido desastrosas. A par dessa demonstração de classe, coragem e maturidade, ficou uma exibição absolutamente fabulosa de Ricardo Quaresma. Se aquele chapéu de letra tem encontrado pela frente um guarda-redes mais baixo do que o gigante alemão do Arsenal, teria sido um dos golos da década!

E, ontem à noite, na Choupana, apesar de uma arbitragem antieuropeia, que tudo consentiu ao Nacional — o massacre de Quaresma, o jogo faltoso sistemático e a intimidação física — e que tudo lhe perdoou — cantos, penalties, segundo amarelo — o FC Porto foi capaz de dar mais um passo em frente rumo ao final de um terrível ciclo de sete jogos no período pós-Anderson.


2-O que mais me custa, neste sórdido episódio da Dona Carolina Salgado, é vê-la sentada a uma mesa a autografar livros como se tivesse escrito um livro. Não escreveu: para começar, aquilo não é um livro, é um pedaço de papel higiénico que, depois de usado, seguiu para uma tipografia e encontrou uma editora disposta a chafurdar na lixeira. Depois, e como é óbvio, a senhora não escreveu coisa nenhuma, nem tem competência para tal: quem lhe encomendou a sale besogne, escreveu-lhe o livro e, no fim, recolheu-lhe a assinatura e deu-lhe aquele grandiloquente e ridículo título de Eu, Carolina, tipo Eu, Cláudio, obra de referência daquela escritora americana de literatura de aeroporto. O livro da Dona Carolina não é sequer literatura de aeroporto: é um dejecto de ressabiamentos e vinganças pessoais que eloquentemente ilustra não as origens ou a educação, mas o carácter da senhora. Porque, se é certo que a educação demora gerações a refinar, o carácter não tem que ver com isso. Ela não tem culpa de vir de onde veio, tem culpa, sim, de ser como é.

Agora, a Dona Carolina vive bem mais do que os seus cinco minutos de fama. Tem as televisões e os jornais aos pés, tem leitores a pedir-lhe autógrafos e tem até (ó, suprema ironia, quem os ouvia a falar dela...!) benfiquistas prontos a acolhê-la e a transformá-la em Maria Madalena ou (deixem-me rir!) Carolina d'Arc. Mas, quando a poeira assentar, a pobre Carolina, como tantos e tantas outras antes dela, vai perceber que falou tanto que se enterrou até ao pescoço e que a validade do veneno que lhe deram para usar não era eterna. Em breve se tornará cansativa, inútil e desagradável à vista. E, então, regressará de onde veio, só que sem câmaras nem holofotes à sua frente e sozinha para enfrentar todos os processos judiciais e chatices de que agora, no seu patético arrebatamento, não deu conta. Exit Carolina.

Resta o principal: pode o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, passar impune e indiferente a tudo isto, assobiando para o ar quando lhe falam do assunto e limitando-se a dizer «falem-me de coisas sérias»? Não, não pode. A meu ver, não pode. A questão não está tanto em saber se o que diz a Dona Carolina é verdade, meia-verdade ou inteira falsidade. Isso é matéria que, obviamente, a justiça terá de apurar e a que ele e ela terão de responder. A questão, agora, é que as acusações atingem não apenas a honra do presidente do FC Porto mas a do próprio clube. Se ele fosse um político ou exercesse funções públicas, não haveria ninguém que não lhe exigisse, desde já, a única atitude que a honra consente nestes casos: demitir-se, tratar de provar a sua inocência e o sem fundamento de tudo aquilo e, depois, se quisesse, tentar regressar.

Será diferente a exigência moral pelo facto de ele ser não um titular de funções públicas, mas somente o presidente de uma instituição particular, embora com o estatuto legal de utilidade pública? Sim, é diferente. Mas, no meu código de conduta pessoal, a diferença que faz é irrelevante: Pinto da Costa representa centenas de milhares de portistas e alguns milhares de accionistas de uma sociedade anónima, que têm o direito de esperar que ele prestigie o clube e que não dê motivo a que atinjam a sua honra. E se, todos nós portistas, nunca tivemos uma dúvida sobre a natureza e o carácter da Dona Carolina Salgado, respeitámos sempre o direito que o presidente do clube tinha a que a sua vida pessoal não interferisse com o seu cargo no clube. Mas ele, não: permitiu que as duas coisas se confundissem e que a sua vida pessoal viesse atingir e manchar o nome do clube. Pinto da Costa fez de Carolina Salgado uma espécie de primeira dama do FC Porto — coisa que não existe nos estatutos — misturou-a com a imagem externa do clube, chegando até a levá-la, integrada numa delegação do FC Porto, em audiência ao Papa. Enganou-se sobre o carácter dela? Paciência, são ossos do ofício — quis correr o risco, agora não pode assobiar para o ar. Até porque já é a segunda vez que tal sucede e porque, como salta à vista de todos, parece que o presidente do FC Porto tem um problema na escolha de companhias, amorosas ou de outra natureza, e quem paga a factura é o clube.

Se há defeito que detesto é a ingratidão: sei muito bem o que o FC Porto e, por acréscimo todos os portistas, devem a Pinto da Costa. Sinto por ele gratidão e consideração pessoal. E custa-me muito escrever isto. Mas entendo que o asqueroso episódio da Dona Carolina Salgado é grave, não pode passar sem consequências e não pode ser o FC Porto a pagá-las. No lugar dele, demitia-me. Mas cada um tem o seu código de conduta e os seus valores de vida: não exijo a ninguém que tenha os meus, mas também não abdico de dizer o que penso, porque isso faz parte dos meus valores. Entendo que Pinto da Costa pode fazer o que quiser, menos fazer de conta que nada se passou e que o assunto não é grave. Ou achar que pode continuar assim, tranquilamente, com as mesmas companhias e o mesmo mundo nebuloso em que se mexe, sem que isso cause danos ao clube e divida a nação portista entre os que calam e consentem e os que não conseguem nem calar nem consentir.

É uma excelente altura, aliás, para que ele e todos os Pintos, Loureiros, Veigas, Vieiras, Madail e todos os outros parem para reflectir e percebam que o seu tempo, o seu poder e o seu estilo já não cabem no mundo de hoje. Lá fora há todo um mundo de gente que anseia pelo dia em que o futebol volte a ser um território de luz, habitado por gente como aquela que gostamos de receber em nossa casa para jantar.


3-Segundo o deputado, advogado e dirigente benfiquista Sílvio Cervan, «o Benfica está na linha da frente do combate ao doping a nível mundial». Pois, se está (nunca dei por isso...), escusava de fazer a defesa de Nuno Assis com base na insinuação de que ele foi absolvido porque estava inocente. Não foi: foi absolvido com base num expediente processual invocado pelo Conselho de Justiça e com fundamento na inacreditável doutrina — ao arrepio do que dispõem as leis portuguesas e as da FIFA — de que «não basta o resultado das análises ser positivo». «É também preciso que se invoque e prove que foi o jogador que administrou ou que injectou a substância proibida.» Como facilmente se compreende, a doutrina deste acórdão — que contraria anteriores acórdãos do CJ — equivaleria, pura e simplesmente, a deixar impunes todos os casos detectados de doping.

Estamos a falar de uma coisa muito séria: o doping não apenas põe em risco a saúde do próprio jogador, com sequelas que podem ser para a vida, como constitui também uma forma de batota desportiva absolutamente inaceitável. Os dirigentes benfiquistas vivem a encher a boca de declarações grandiloquentes sobre a verdade desportiva e coisas que tais, mas depois, quando lhes toca a eles, as boas intenções e as belas palavras morrem sempre perante a impunidade de que se acham eternamente credores.
in avençados do polvo em 12 Dezembro 2006


Pinto da Costa não se demitiu, como já o pede há décadas...e ganhou em toda a linha...Entretanto continua a deliciar o Vítor Serpa e os leitores dos avençados do polvo com o seu ódio de estimação...90% de crónicas a bater no FC Porto , no Pinto da Costa e 10% a falar nas outras coisas, a maioria das vezes que até dá vontade de rir com a sua má preparação...Esta das escutas que falou na sua última crónica (vou colocá-las quando for de férias em Agosto para encher o tasco) é só mais uma...e ele até tem formação jurídica... e foi com esse argumento que opinou muito no AD...mas evidentemente que ele não vê o Porto Canal nem nada que ligue ao FC Porto...onde isso foi bem esclarecido...ele é mais Abola TV e as opiniões dos Serpas...:-)  Já por isso, uns são mandados embora e outros estão nas graças do Sr. há anos...

Claro, que todos lhes estamos gratos pela forma como defendeu o FC Porto...Primeiro, pediu a DEMISSÃO DO PRESIDENTE DO FC PORTO...e depois sim, chegou à conclusão que era tudo uma palhaçada...:-)

E como se viu...com as suas crónicas todo o mundo desportivo se rendeu às evidências e nunca mais ninguém falou no Apito Dourado...nem os outros exemplares da Segunda Circular e nossos amigos agora...os Calímeros...por isso mesmo, aquando da eleição do Bruno de Carvalho, as escutas do Apito Dourado nem mereceram vários programas na Sporting TV...e o Médico dos Fígados escorraçado dos avençados do Polvo também não fez o mesmo...que o próprio MST contestou e respondeu...

Ou seja, um efeito do caraças...Mas realmente se o Pinto da Costa se tivesse demitido, como o MST sugeria...podia entrar agora 10 anos depois...fresquinho que nem uma alface...foi pena...:-)

É verdade que teria perdido uma Liga Europa...6 campeonatos...3 Taças de Portugal...5 Supertaças...uns 5-0 ao polvo mafioso...mas caramba...assim, o MST teria pouca matéria para as suas crónicas das terças...

Que nunca acabe...a gente gosta de se rir...


* Eu sei que ele não vê estas coisas, mas que alguém lhe faça chegar, para aprender um bocadinho...nas férias...em vez do Barroso...leve o Bernardino para lhe dar umas lições jurídicas e de...portismo...:-)






------------------------------------------------------------------------

SÉRGIO CONCEIÇÃO NÃO TEM DESCULPAS...:-) + O POLVO MAFIOSO JÁ PREPARA O FUTURO...:-)

in ojogo


Primeiro...porque diz que há muita qualidade...o que contraria o muito do que se disse deste plantel...

Depois...se estes abaixo...conseguem um futebol desta qualidade...num campo com estas condições...não há desculpas para não fazer o mesmo...seja em que campo for e em que condições...:-) Já parecia Tóquio...:-)




Depois...o destaque principal desta capa abaixo só faz sentido se elas começarem a entrar lá dentro...pela estreia foi um desastre...portanto...o dobro de remates do que habitual e zero golos..nem de penálti...

Eu lembro-me bem...do massacre que o FC Porto de Nuno fazia às balizas....todos nós nos lembrámos os falhanços escandalosos de deitar as mãos à cabeça...todos nos lembrámos a explosão que foi vermos o Rui Pedro a marcar ao Braga ponde fim aquele ciclo inacreditável...as bolas não entravam de maneira nenhuma...não era por falta de oportunidades...eram aos montes...aquilo parecia obra do General da Guiné...:-)

Já o clube deste...ia uma vez à baliza...com ajuda do General ou dos Padres e lá marcava o golito sem ter feito nada...era a eficácia...bla,bla,bla...e ouvíamos os portistas a criticar porque não se treinava...ahahah...

Agora ficamos a saber que o Sérgio Conceição já treina e tenta...se elas não começarem a entrar na baliza...como na primeiro amostra no México...ainda vão dizer que o gajo é incompetente...que treina mal...bla,bla,bla...:-)




A única desculpa que o Sérgio Conceição terá...são as missas que os padres do Polvo rezam...e vejam bem, como a máfia lampiónica já mexe com o ensino em Portugal...:-)))


Isto já reflexos da máfia que destapamos a careca...

Mas cá para mim, isto é obra daquele clube que está 10 anos à frente...é gente a mais...desconfio que são acólitos enviados pelo Polvo Mafioso que depois vão dar em especialistas e investigadores da PJ e Ministério Público e afins...eles tem tudo controlado...e daqui a uns tempos...eles fazem transferência para a Universidade Lampiónica Mafiosa do Seixal...






E nunca mais chega a Portugal:

in marca


------------------------------------------------------------------------

terça-feira, julho 18, 2017

PRECISAMOS DA JUSTIÇA ESPANHOLA PARA CAÇAR O "PRIMEIRO-MINISTRO DO POLVO" E RESTANTES PADRES...



Ángel María Villar, presidente da Federação Espanhola de Futebol, e o filho Gorka Villar foram detidos na manhã desta terça-feira pela Unidade Central Operativa da Guardia Civil.

Ángel María Villar, presidente da Federação Espanhola de Futebol, e o filho Gorka foram detidos na manhã desta terça-feira pela Unidade Central Operativa da Guardia Civil, no âmbito de uma operação anti-corrupção.

De acordo com a imprensa espanhola, ambos são suspeitos de corrupção, falsificação de documentos e desvio de fundos.

in ojogo

Era desta justiça que precisávamos em Portugal...

Cá , o poder da máfia lampiónica é tipo o que este diz na parte final deste video:










Ou seja, não sabem marcar nem golos nem penáltis...não há dúvida que há continuidade...:-)

Mas ainda bem que não disseram que isto promete, como a outros...:-)

E dizem que para além do prestígio estava um Troféu em causa...logo, tudo normal...já estamos habituados a não os ganhar...:-)



Em definitivo é que era...já que estamos numa de limpeza...:-)





in por ai

Para terminar Dragões Diário:

Para os senhores anónimos
As famosas e sempre anónimas "fontes oficiais" do Benfica voltaram a falar em dois dos seus palcos privilegiados, A Bola e o Record. Desta vez, para anunciarem que ponderam recorrer do acórdão que absolveu o FC Porto e o seu Presidente do processo 'Apito Final'. Deixamos algumas questões, na expectativa de que os senhores anónimos nos possam esclarecer: o Benfica vai recorrer por alma de quem? É uma parte do processo? É assistente? Esteve na origem da queixa? Tem alguma ligação à primeira decisão de Ricardo Costa? Reconhece a paternidade da 'reunião' clandestina de julho de 2008 que foi considerada nula? Acima de tudo: alguém do Benfica tem coragem para dar a cara e assumir que esta decisão é uma derrota do clube? Ou então, no limite, são capazes de reconhecer que uma comunicação assente em falsidades e na deturpação da realidade só se compadece com o anonimato de quem fala em nome do clube?

Ehehehehe...

------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, julho 17, 2017

A HABITUAL CONTRATAÇÃO INÚTIL DO ANO + BASE DO ANO PASSADO + INDIGNADO COM O APITO DOURADO :-)



Já começa a tresandar a ridículo...todas as épocas é a mesma coisa...contrata-se um gajo para nº 2 ou 3...no fim da época contrata-se outro gajo, porque a contratação nº 2 ou 3 precisa de jogar...e andamos nisto há anos...sinceramente já acho que é circo a mais...já nem vou contabilizar o nº de guarda-redes que vieram nestas condições...NENHUM pegou...mas pronto, assim também ficamos mais esclarecidos que pouco vai mudar no FC Porto e no futebol português...

Mas nem tudo é mau...


«Acho que já temos um plantel bem competitivo. Agora, se acharmos que é preciso ir ao mercado, estou em sintonia com a direção, sabemos o que fazer. Temos 28 jogadores, há qualidade, uma grande ambição e vontade de conseguir os objetivos para esta época. Estou satisfeito com o plantel que tenho e acho que a grande contratação é a base do ano passado», assumiu Sérgio Conceição, em conferência de Imprensa realizada no México.

«É óbvio que, em face do momento que o FC Porto atravessa financeiramente, temos de tentar ver ao máximo a qualidade... É que muitas das vezes não se dá o valor devido ao que temos em casa. Sinceramente, posso falar do Ricardo, do Hernâni, do próprio Marega, que são jogadores com qualidade para integrar o grupo», lembrou.

«Espero que não saia ninguém daquela que foi a base da equipa do ano passado e que conseguiu ser competitiva até final. Acreditem, com estes jogadores vamos dar muita luta aos rivais», reforçou.

in zerozero


Finalmente um que diz o que andei a defender toda a época...o FC Porto de Nuno Espírito Santo foi heróico...roubado escandalosamente como nunca tínhamos visto, e na Liga dos Campeões foi além do até previsto, logo na pré...e na Liga Mafiosa lutou até ao fim...sendo roubado a todos os níveis...dentro do campo...o nº de penáltis foi escandaloso...os critérios disciplinares absurdos...o colinho à máfia...e fora dele nos órgãos disciplinares como no caso Brahimis..enquanto assistíamos a Samaris...a Pizzis...a Luisões...a Jonas...a agredir todo o mundo...

...e além disso, foi durante parte da época...a equipa que melhor futebol praticou em Portugal...e quando não o praticou ninguém fez melhor...e perdeu o melhor ataque e a melhor defesa na última jornada...é obra...de uma equipa que ninguém dava nada por ela...

...Há realmente ali uma boa base...se o NES conseguiu tremer esta máfia toda...obrigando-os a socorrer-se de toda a artilharia...um FC Porto mais esperto, mais atento...pode fazer mais mossa...mesmo que as forças continuem poderosas e difíceis de derrotar...

...Claro...claro...que muitos dirão que perdemos pontos em jogos que não devíamos...bla,bla,bla...a quantidade de roubos foi escandaloso...Se o Real Madrid não tivesse sido levado ao colo numa eliminatória da Liga dos Campeões, não seria Campeão Europeu...são esses pequenos pormenores...agora, vejam roubos destes semanais como o FC Porto sofreu...pois...

...a verdade é que o FC Porto de Nuno Espírito Santos com arbitragens que o FC Porto teve nos últimos anos( as tais que o Francisco J Marques dizia que foram uma brincadeira de crianças em comparação com as desta época finda), teria sido Campeão à vontade...essa é que é essa...e a base é essa mesmo...vamos lá melhorá-la...tem a palavra o Sérginho...:-))


in lixord e avençados do polvo


Ai...ai..ai..ai...então:

"O FC Porto lançou um manto de suspeição num negócio em que cada vez a credibilidade das competições é essencial. Esta campanha não prejudica o Benfica, prejudica o futebol português, afasta patrocinadores, público, mancha a imagem da Liga”, São Gabriel, ontem :-)



Olha, por mim...eu pedia a abertura do Apito Dourado...é que há coisas que precisámos de ver esclarecidas :-)):






Apito Dourado: escutas apanharam Luís Filipe Vieira a escolher árbitros para o Benfica
08.09.2006 - 08h48


As escutas do processo Apito Dourado revelam que Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, se envolveu directamente na escolha do árbitro do jogo das meias-finais da Taça de Portugal da época de 2003/2004 em que o Benfica ganhou ao Belenenses por 3-1. Esse jogo foi arbitrado por João Ferreira, de Setúbal, na sequência da nomeação acertada num telefonema entre Valentim Loureiro e o presidente dos encarnados. Nessa conversa, Luís Filipe Vieira começa por se queixar pelo facto de o árbitro nomeado para o jogo já não ser Paulo Paraty, conforme havia sido anunciado por Pinto de Sousa, à data presidente do Conselho de Arbitragem da Federação, a um advogado com ligações ao Benfica.

A discussão foi acesa, com Valentim a esforçar-se por apaziguar os ânimos do dirigente e sugerir-lhe nomes de árbitros para substituir Paraty. Vieira, que diz não ter "preferência" por "ninguém", acaba por recusar o nome de quatro internacionais - "não me dá garantias", disse de alguns deles. A solução acabou por ser João Ferreira, o árbitro que amanhã estará no arranque do campeonato para os da Luz, quando defrontarem o Boavista no Bessa (ver texto na página seguinte).

As escutas telefónicas estão apensas ao processo principal do Apito Dourado, mas Cunha Vaz, responsável pelo gabinete de imprensa do Benfica, negou a sua existência. "O sr. Luís Filipe Vieira nunca falou com Valentim Loureiro por causa dos árbitros da Taça. Isso é mentira, até porque quem os nomeava era a Federação. O Benfica nunca escolheu qualquer árbitro", assegurou. Valentim Loureiro, por sua vez, não se disponibilizou para prestar qualquer esclarecimento.

Vieira irritado ao telefone
15 de Março de 2004. Paulo Paraty tinha arbitrado o jogo do Belenenses-Nacional para o campeonato. Por esse motivo, não podia ser indicado para o jogo da Taça, que ocorreria dois dias depois, obrigando Pinto de Sousa, que, à data, liderava o Conselho de Arbitragem, a procurar outra opção. Pinto de Sousa tentaria contactar Vieira para justificar a mudança, mas o dirigente benfiquista deixou de lhe atender o telefone, o que acabaria por levar Valentim Loureiro a envolver-se num jogo que estava fora da alçada da Liga.

"Disseram-me que era o Paulo Paraty o árbitro... Agora dizem-me à última hora, vêm-me dizer que já não pode ser o Paulo Paraty por causa do Belenenses", lamentava-se Vieira a Valentim, enquanto respondia às sugestões dadas por este. "Não quero Lucílio nenhum! (...) O António Costa?! F... Isso é tudo Porto! (...) O Duarte, nada, zero! (...) O Proença também não quero!".

Só o nome de João Ferreira agradou ao presidente do clube da Luz. "O João pode ser", disse, depois de conhecer os candidatos possíveis. A lista era reduzida, porque Pinto de Sousa considerava que o jogo tinha de ser apitado por um árbitro internacional e havia-o dito a Vieira e a Valentim Loureiro.

Nesta conversa com o presidente da Liga, Luís Filipe Vieira estava visivelmente irritado. E confessou a Valentim Loureiro que tinha sido informado de que o árbitro seria Paulo Paraty duas ou três semanas antes. O nome agradava-lhe e a sua substituição foi atribuída a uma manobra do FC Porto, cujo presidente, Pinto da Costa, "controlava tudo", na opinião de Luís Filipe Vieira. No entendimento do dirigente benfiquista, Pinto da Costa decidira até que quem arbitraria o Braga-Porto, também para as meias-finais da Taça, seria Bruno Paixão. "O Bruno Paixão, em Gil Vicente, eu estendi-lhe a mão para o cumprimentar, não me cumprimentou! Como é que esse gajo [Pinto de Sousa] vai nomear esse gajo para apitar?", perguntava Luís Filipe Vieira, não escondendo a indignação e deixando clara a ameaça: "Eu não sou como o Dias da Cunha. (...) Eu vou [à RTP] fazer alguns alertas para o futebol português".

Pinto de Sousa explica-seMinutos depois, um novo telefonema de Valentim Loureiro a Pinto de Sousa é revelador. O segundo desculpa-se ao presidente da Liga por não ter indicado Paulo Paraty. Este árbitro havia sido sorteado para o jogo da Liga, também com o Belennenses, o que o levou a aceitar a indicação de Vieira e nomear João Ferreira para a Taça.

Ainda na mesma conversa, Pinto de Sousa conta a Valentim que a promessa de que Paulo Paraty seria o escolhido tinha sido feita inicialmente a João Rodrigues (um advogado com ligação ao Benfica), duas ou três semanas antes. Mas assegurou que a nomeação para o campeonato acontecera apenas porque se tinha esquecido de avisar Luís Guilherme, o responsável pela gestão da arbitragem para os jogos da Liga.

Sobre a possibilidade levantada por Luís Filipe Vieira de que o Porto teria escolhido o árbitro para a sua própria meia-final, Pinto de Sousa desmentiu-o. E explicou: "Foi um pedido do Salvador (presidente do Braga). Não indicar nem o Olegário, nem o António Costa".

Partes das escutas telefónicas onde é interveniente Luís Filipe Vieira. Os seus interlocutores são Valentim Loureiro e Pinto de Sousa

Luís Filipe Vieira (LFV) - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito...(...)
Valentim Loureiro (VL) - Eu penso que ou o Lucílio... o António Costa, esse Costa não lhe dá... não lhe dá nenhuma garantia?
LFV - A mim?! F.., o António Costa? F... Isso é tudo Porto!
VL - Exacto, pronto! (...) E o Lucílio?
LPV - Não, não me dá garantia nenhuma o Lucílio!
VL - E o Duarte?
LPV - Nada, zero! Ninguém me dá!... Ouça lá, eu, neste momento, é tudo para nos roubar! Ó pá, mas é evidente! Mas isso é demasiado evidente, carago! Ó major, eu não quero nem me tenho chateado com isto, porque eu estou a fazer isto por outro lado.(...)
VL - Talvez o Lucílio, pá!
LPV - Não, não quero Lucílio nenhum!(...)
VL - E o Proença?
LPV - O Proença também não quero! Ouça, é tudo para nos f...!
VL - E o João Ferreira?
LPV - O João... Pode vir o João. Agora o que eu queria... (...) Disseram que era o Paulo Paraty o árbitro... O Paulo Paraty! Agora, dizem-me a mim, que não tenho preferência de ninguém (...) à última hora, vêm-me dizer que já não pode ser o Paulo Paraty, por causa do Belenenses.
Pinto de Sousa - A única coisa que eu tinha dito ao João Rodrigues é o seguinte... É pá, há quinze [dias] ou três semanas, ele perguntou-me: "Quem é que você está a pensar para a Taça?"... Eu disse: "Estou a pensar no Paraty"...
VL - Bem, o gajo está f... (...) O Paraty então não consegues, não é?
PS - O Paraty não pode ser. (...) Até para os árbitros restantes, diziam assim: "É pá, que diabo, este gajo tem tantos internacionais e não tem mais nenhum livre, pá?!".(...)
VL - Eu nem dá para falar muito ao telefone, que ele começa para lá a desancar. (...) Mas qual é o gajo que o Porto não quer?! O Porto quere-os todos, pá! Qualquer um lhe serve!
PS - É... Por acaso é verdade...
VL - O Porto quer lá saber disso!PS - Se é o Lucílio... Se fosse o Lucílio, era o Lucílio, se fosse o António Costa, era o António Costa...
VL - Ao Porto qualquer um serve!


aquinotasco em 8 de Setembro de 2006...



Realmente estou INDIGNADO que não reabram o APITO DOURA...ENCARNADO...:-)

Ah, ISTO...


------------------------------------------------------------------------

domingo, julho 16, 2017

A LATA E FALTA DE VERGONHA NA CARA DO EPLURIBUSCURRUPTUM É QUALQUER COISA...



Em declarações ao jornal Record, João Gabriel, antigo diretor de comunicação do Benfica, garantiu que a recente polémica deve ser investigada até à exaustão, todavia, admitiu não acreditar na veracidade dos emails.

“Emails? Tudo deve ser investigado, a começar pelo crime que está na base desta campanha. É fácil, em supostos emails cuja autenticidade eu desconheço, generalizar, insinuar, tirar do contexto, falsear até. A suspeição é fácil de gerar, mas é intolerável”, começou por dizer.

Em suma, o ex-dirigente acredita que os dragões mais cedo ou mais tarde irão por sofrer com a divulgação dos emails.

“Sei que o FC Porto vai ser atingido pela sua própria estratégia. Recolhemos sempre o que semeamos. O FC Porto lançou um manto de suspeição num negócio em que cada vez a credibilidade das competições é essencial. Esta campanha não prejudica o Benfica, prejudica o futebol português, afasta patrocinadores, público, mancha a imagem da Liga”, referiu.

in noticiasaominuto


A lata desta gente é qualquer coisa inacreditável...

Até hoje não negaram nem demonstraram que qualquer dos emails seja falso...e não provam porque sabem que são verdadeiros...e por isso estrebucham por todo o lado...porque descobrimos a corrupção lampiónica a um nível nunca visto...de máfia que não deixa nada ao acaso...

E depois..."esta campanha" que PREJUDICA O FUTEBOL PORTUGUÊS, AFASTA PATROCINADORES, PÚBLICO, E MANCHA A IMAGEM DA LIGA...é qualquer coisa que nem há palavras vindo do boca destes gajos...

...Estes FDP que em pleno Apito Dourado conspurcaram tudo e todos...que foram correr para as UEFAS...que com a sua máquina de cartilheiros na imprensa vomitaram abundantemente tudo e mais alguma coisa...que nunca quiseram saber do futebol português, do público, dos patrocinadores...agora estão preocupados....ahahahahah


Ó pá...estas entidades todas devem estar realmente preocupadas porque o APITO DOURADO E O APITO FINAL FOI JULGADO E PROVADO chegando À CONCLUSÃO: NÃO HAVIA NADA...FORAM, TODOS ILIBADOS...POR VÁRIOS TRIBUNAIS, POR VÁRIOS JUÍZES...NADA...ZERO...

Quem conspurcou o nome do FC PORTO...do Futebol Português, agora é que deveria ser colocado no banco dos Réus...até o corrupto Platini, que também foi na onda da intoxicação mafiosa lampiónica na altura...e o FC Porto actualmente ainda não fez nada disso...quer que as instituições nacionais o façam...logo aqui se vê a diferença de comportamento...

Mas agora é que ele, o Platinado deveria ler bem os emails que circulam e os que ainda vão aparecer...


Agora, "esta campanha"...realmente é incómoda e inconveniente...mas só para um clube: O BENFICA EPLURIBUSCURRUPTUM...foram descobertos ao fim de tantos anos de protecção...

Os Patrocinadores realmente devem estar preocupados, como foram vítimas e talvez cúmplices desta farsa...alimentaram um polvo corrupto...campeonatos falsos, fabricados nos bastidores...o do ano passado foi vergonhoso demais...

O Público realmente deve estar preocupado pois assistiu a campeonatos fabricados...mas com esperança que vai haver uma limpeza..o que diga-se, só os grandes optimistas acreditam nisso...


E realmente o que "mancha a Liga"...para além de tudo o que foi dito...são estes FDP CORRUPTOS AO SERVIÇO DA LAMPIONAGEM...presidentes das Assembleias Gerais da Liga...




Francisco J. Marques mostrou novos emails, no Porto Canal, trocados entre Carlos Deus Pereira e Pedro Guerra

Pedro Guerra desmentiu, na segunda-feira, ter recebido as SMS faladas por Francisco J. Marques no último programa "Universo Porto", do Porto Canal, mas o diretor de comunicação dos dragões voltou ao assunto e revelou novos emails. "Isto dá para rir. Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo. A 16 de fevereiro de 2014 Carlos Deus Pereira enviou um email com mais de 100 mensagens, em anexo, para o Pedro Guerra. Não é uma. São mais de 100 mensagens num ficheiro de Excel. Até podíamos admitir que Pedro Guerra não tivesse visto este email. Mas este não foi o único mail que enviou ao Pedro Guerra."

O diretor de comunicação revelou depois uma troca de emails entre o antigo presidente de Mesa da Assembleia Geral da Liga, falando do processo de destituição de Mário Figueiredo, na altura presidente da Liga. "Vou produzir despacho ao requerimento que solicita destituição de Mário Figueiredo e vou enviá-lo antecipadamente. Isto é confidencial. Amanhã vou tomar decisões e o que decidir envio-lhe em primeira mão. Então ele enviava primeiro para o Pedro Guerra, antes de informar os clubes. Este senhor não cumpre os mínimos para ser porteiro da Liga, quando mais presidente da Mesa da Assembleia. Fez parte de uma grande vergonha do futebol português e estavam ao serviço do Benfica. O grande farsante é o Pedro Guerra. Descobrimos-lhe a careca toda."
in ojogo




Por isso, é preciso ter uma lata do caraças para falar nestes termos...o que no fundo...reflecte o que sempre foram...corruptos sem vergonha na cara...que viveram sob um manto protector de impunidade que pensariam que ninguém tivesse o atrevimento de os desmascarar...foderam-se...desmascaramos com as suas próprias palavras e a corromperem entre si...um mimo...


É este gajo:



São estes FDP agora muito preocupados com a imagem do futebol português:


 


in maisfutebol

etc...etc..etc...etc...


Ai se a justiça tivesse tomates para colocar esta gente no lugar que merecem...


Para terminar...se "o FC Porto fosse atingido pelos emails pela sua própria estratégia" como deseja e se calhar estão a forjar alguns...o Pedro Guerra dizem que é muito bom nessa arte...de forjar...até diz publicamente que é especialista em forjas imagens televisivas...:-)...

...mas dizia...se o FC Porto fosse apanhado a ter os mesmos comportamentos dos denunciados...ó pá...eu queria aquela gente toda presa e irradiada do FC Porto...não só pelo crime em si...mas pela incompetência...só faltava andarmos a corromper como os lampiões e sermos roubados escandalosamente como o ano passado...quer em campo..quer na justiça disciplinar...quer nas assembleias gerais da liga, etc,etc,etc...e não ganhar nada há 4 anos...nem uma Tacinha...seria o cúmulo do ridículo...tão  ridículo como a preocupação do São Gabriel com  a imagem do futebol português...



------------------------------------------------------------------------

sábado, julho 15, 2017

VAMOS COMEÇAR COM 6 PONTOS DE AVANÇO? :-))



Mais um "chito" monumental ...quer na justiça civil quer na justiça desportiva...quer utilizando as escutas como no Apito Dourado...quer não utilizando, como no Apito Final...as verdadeiras putas é que eram sempre as mesmas e não tinham credibilidade...os romances fabricados pelo Polvo não passavam de isso mesmo romances...o Ricardinho Pavãozinho Costa ainda tentou justificar o frete que o Primeiro-Ministro o mandou fazer...foi humilhado, em todo o lado...e ainda anda por aí...é de deitar as mãos à cabeça...e o Ministério Público das Morgados e afins, deviam ser responsabilizados pelos gastos ao país, por um processo todo ele inclinado desde o início...direccionado intencionalmente contra o FC Porto e Pinto da Costa e que parou em Leiria...quando as escutas sem querer já nos mostravam a verdadeira cara do "primeiro-ministro", o tal que foi desmascarado agora com os emails....mas aí não quiseram saber...continuaram a assobiar para o ar apesar de várias denúncias sobre o que era o polvo mafioso lampião...agora, eu também temo, que este tipo de decisões...que já não interessam para nada...10 anos depois...seja um pretexto para que outras verdadeiras máfias e essas com provas contundentes , passem impunes...

Alguns com tanta rapidez que até assustam...

in lixord


Curiosamente nenhum dos jornais avençados do Polvo souberam da decisão do Apito Final...o normal...o natural...o que já estamos habituados...


Mas pronto...os 6 pontos que nos roubaram, vão-nos dar agora? :-) Isso é que interessava e assim se fazia verdadeira justiça...e bem precisámos para lutar com este polvo lampião mafioso...que vai estar mais activo do que nunca...




Ora bem...pese tudo isto...não há que negar que andam a fazer grandes negócios...O Sport de Barcelona também fala nos tais 5 milhões por cada 50 jogos durante o tempo de contrato e até primeira renovação...o que é fabuloso...

...se pegasse de estaca seria uma mina do caraças...

...mas para o Barcelona aceitar uma coisa destas (a ser verdade, o que diga-se da máfia nunca se sabe:-)) é porque tem tanta confiança no gajo como eu da justiça...:-))

...Seja como for, acho um bom jogador...com potencial...e o mesmo continuo a pensar do Renato Sanchez...não o queria ver a regressar para cá...

...seja como for...as últimas transferências dos craques do Benfica tem sido uns grandes aquecedores dos bancos...:-)) Os clubes poupam no aquecimento...Estou-me a lembrar o Gaitan...do Renato Sanchez, até do Enzo Perez...e mais uma séria deles...todos figuras decorativas...nós, também temos muitas peças que fizeram a mesma figura...Jackson,  até Danilo...mas pronto...desde que pilim tenha entrado, o resto pouco interessa...

...Vão para a sombra que está um calor do caraças...


Dragões Diário:

De casa
Está reposta a verdade desportiva. Em dezembro do ano passado, transitou em julgado a decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa que, em maio de 2011, considerou inexistente o acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (CJ da FPF), de 4 de julho de 2008, que negava provimento a um recurso interposto por Jorge Nuno Pinto da Costa relativo às decisões do processo ‘Apito Final’. Recorde-se que a ‘reunião’ desse órgão foi realizada à revelia de quem teria o dever de a presidir e, à data, teve como uma das consequências a confirmação das decisões da Comissão Disciplinar da Liga que determinavam a retirada de seis pontos ao FC Porto (descontados na tabela classificativa de 2007/08) e uma suspensão de dois anos do seu Presidente, para além de outras sanções pecuniárias. Na sequência do trânsito em julgado da decisão que considerava inexistente o acórdão de 2008 por motivos administrativos, o atual CJ da FPF entendeu que continuava por julgar a matéria de facto que justificava aquela reunião, ou seja, o recurso apresentado por Pinto da Costa. Fê-lo ao longo dos últimos meses, e acabou por dar como não provadas as acusações de corrupção desportiva no jogo Beira-Mar-FC Porto de 2003/04. Como consequência, foram anuladas todas as sanções aplicadas quer ao FC Porto – que recupera os seis pontos que lhe foram indevidamente retirados na classificação de 2007/08 –, quer ao seu Presidente.

Razão ao retardador
Quando, em maio de 2008, o FC Porto anunciou que não recorreria da pena de perda de seis pontos imposta pela Comissão Disciplinar da Liga, poucos compreenderam essa decisão. Na altura, a SAD considerou que seria preferível que essa subtração tivesse impacto numa época em que o clube foi campeão com 20 pontos de vantagem do que arriscar, em sede de recurso, nova decisão injusta que incidisse na classificação das temporadas seguintes. Para além disso, entendia-se que o recurso apresentado por Pinto da Costa, versando a mesma matéria de facto, implicaria necessariamente o clube. Nove anos depois, isso confirma-se: a absolvição do Presidente teve como consequência a absolvição do FC Porto.

Mais um furo na credibilidade
A justiça tarda, mas por vezes chega mesmo. A decisão que hoje conhecemos é uma derrota para todos os pseudo-justiceiros que, à margem da legalidade, mas sobretudo da decência, procuraram denegrir a imagem do FC Porto e de todos os que o servem, colocando em causa o mérito desportivo da única equipa que, ao longo dos últimos 50 anos, teve capacidade para prestigiar o futebol português através da conquista de títulos internacionais. Entre essas figuras, é impossível não destacar Ricardo Costa, popularmente conhecido como ‘o benfiquista de Canelas’, que vê, uma vez mais, a sua sanha justiceira tornar-se improcedente e inconsequente. Este acórdão do CJ da FPF desfere um golpe certeiro e decisivo na fundamentação jurídica que artificialmente construiu para tornar o seu exercício de funções na Comissão Disciplinar da Liga uma extensão do seu fanatismo clubístico.

Para estar atento
Álvaro Baptista era um dos elementos do CJ da FPF que, perante a ausência do seu presidente e de outro dos seus membros, decidiu prosseguir uma ‘reunião’ onde seriam tomadas decisões muitíssimo relevantes sobre o futebol português, num ato que viria a ser confirmado pelos tribunais como uma aberração administrativa. Foi, mesmo, o 'pseudo-presidente' e porta-voz desse órgão que, já de madrugada, anunciou as suas deliberações à comunicação social. Atualmente, integra o Conselho de Disciplina da FPF, como vice-presidente de José Manuel Meirim para o futebol não profissional. Para além disso, é deputado do PSD, e foi um dos autores da proposta que tinha como objetivo o esvaziamento de poderes da Liga (nomeadamente no que toca à elaboração de regulamentos de disciplina e de arbitragem) e a sua transferência para a FPF – um caso flagrante de conflito de interesses. Álvaro Baptista parece ser uma daquelas personagens que, à sombra da ausência de qualquer notoriedade pública, se vão mexendo aqui e ali e influenciando a tomada de medidas que se podem revelar estruturais para o futebol português. É, sem dúvida, uma figura a seguir.

Para felicitar (I)
A justiça desportiva, com alguns anos de atraso em relação à justiça civil, acabou por confirmar aquilo que qualquer adepto de futebol em plena posse das suas faculdades intelectuais já sabia: a equipa do FC Porto que se sagrou campeã europeia em 2003/04 não precisava de ajudas externas e ilegítimas para empatar em casa do último classificado da Liga (sim, porque convém nunca esquecer que o que estava em causa nestes processos era a suposta corrupção da equipa de arbitragem que dirigiu um confronto entre primeiro e último classificados do campeonato que até terminou empatado a zero). Por mais este reconhecimento da valia desportiva da equipa que dirigiu, não há nada mais justo do que felicitar José Mourinho.

Para felicitar (II)
Jesualdo Ferreira teve o mérito de liderar o grupo do FC Porto que, em 2007/08, se tornou o campeão com a maior vantagem sobre o segundo classificado da história da Liga portuguesa: 20 pontos (mais tarde, André Villas-Boas bateria esse recorde por um ponto). Durante quase dez anos, essa supremacia conquistada no campo, na luta contra os adversários e contra quem sempre tentou prejudicar o FC Porto, foi formalmente reduzida a 14 pontos. A decisão do CJ da FPF repõe a verdade desportiva, e por isso felicitamos o ‘mister’ Jesualdo. Não por ter ganho, agora, seis pontos – porque esses disputou-os e venceu-os nos relvados –, mas por, finalmente, lhe ser devolvido aquilo que lhe foi roubado, honrando o mérito de uma das melhores equipas da história do futebol português.




O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu, a 5 deste mês, absolver Jorge Nuno Pinto da Costa da infração disciplinar de “corrupção da equipa de arbitragem” no jogo Beira-Mar-FC Porto, disputado a 18 de abril de 2004.

Como consequência da decisão, também a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD foi absolvida, sendo anuladas todas as penas decididas pela Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) a 7 de maio de 2008: subtração de seis pontos à equipa do FC Porto (com efeito na temporada de 2007/08) e suspensão por dois anos do seu presidente, além de sanções pecuniárias.

A decisão surge na sequência do trânsito em julgado, em 15 de dezembro de 2016, do acórdão do Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa que considerou “inexistente” o acórdão do CJ da FPF de 4 de julho de 2008. Uma vez que essa reunião foi tida como nula por motivos administrativos, a matéria disciplinar que nela estava em causa – um recurso das decisões do Apito Final apresentado por Pinto da Costa – mantinha-se por julgar, e por isso voltou a ser apreciada pelo CJ da FPF.

Após novo exame das provas, o Conselho de Justiça decidiu absolver o presidente do FC Porto da acusação de “corrupção da equipa de arbitragem”. Tendo em consideração que “a sociedade desportiva é considerada objetivamente responsável pelos factos praticados diretamente por qualquer dos seus agentes”, também a FC Porto – Futebol, SAD foi absolvida das sanções impostas pela Comissão Disciplinar da Liga.

Com esta decisão, fica reposta a verdade desportiva da edição de 2007/08 da Liga, conquistada pelo FC Porto, no campo, com 20 vinte pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o Sporting.

in fcporto.pt






------------------------------------------------------------------------