quarta-feira, agosto 09, 2017

16 TROFÉUS DEPOIS





Continuem iludidos ao atribuírem todos os fracassos aos factores externos. Não acordem não a partir de hoje e fiem-se nos emails do Francisco J.Marques que vão ver o resultado. Foi assim que eles, o agora polvo, passaram pelo deserto em pleno Apito Dourado.


O discurso é mesmo à José Mourinho. Nota-se. Há muita ilusão, para mim completamente precoce, uma pré-época contra adversários medíocres( que como já disse anteriormente até se compreende, mas que não tem qualquer significado, dada a valia dos adversários que os nossos concorrentes directos defrontaram), mas cá estaremos para avaliar e deixarmo-nos embalar na onda também. 16 troféus depois já começa a meter pena e as desculpas também.


*

- Uma infantilidade e amadorismo ao utilizarem um jogador que não estava em condições para jogar mas que o desespero assim o obriga e sabe-se lá com que consequências futuras.

- 30 minutos de nada, até que alguém nos fez uma oferta infantil. Num tempo de suspeitas, não nos podemos queixar da generosidade.

- Golo de ressalto.Os deuses estão connosco.

- O avançado suplente e ridicularizado torna-se o homem do jogo. Os goleadores da pré-época não existiram. Nada disto faz sentido.

- Acabámos a dar 4 a um Estoril enquanto os detentores do título deram 3 a um dos candidatos ao título do futuro. E perderam 3 titulares da equipa. É fácil ver quem fez mais perante dificuldades diferentes. Parece a pré-época.

- O VAR ofereceu-nos justamente um golo, enquanto na Luz um penálti a favor do Benfica por unanimidade do Tribunal do Ojogo não foi marcado, o mesmo Tribunal que diz que Braga não tem razão de queixa no golo anulado. Até aqui não nos podemos queixar.

- Venham mais testes, num mês de Agosto muito mais tranquilo do que o dos concorrentes directos. Para já, fiquei com a mesma sensação que já estava. Não estou convencido nem iludido. E vejo histeria a mais. É o tal desespero que falei num post anterior. Este tipo de sentimentos são mesmo propícios a estados depressivos à menor contrariedade. Espero estar enganado.